Siga-nos!

Política

Deputado sugere que primeiro preso em segunda instância seria Rodrigo Maia

Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO) diz que fala foi “tirada de contexto”.

Neto Gregório

em

Rodrigo Maia. (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Um áudio vazado de Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO), deputado federal do mesmo partido de Rodrigo Maia, sugere que com a aprovação da PEC da segunda instância, o primeiro a ser preso seria o presidente da Câmara dos Deputados.

O áudio foi divulgado pelo O Antagonista, que apontou uma discussão entre Gaguim – contrário à prisão em segunda instância e Arthur Maia, a favor da PEC.

Em nota, o deputado afirmou que sua fala foi tirada de contexto e que se “travava de um diálogo em grupo parlamentar onde são debatidos vários temas de forma despretensiosa”.

Também disse que o áudio foi cortado e que tem “plena confiança na liderança e na lisura” de Rodrigo Maia – delatado em 2017 pelo ex-executivo da Odebrecht Luiz Eduardo da Rocha Soares e chamado de “Botafogo” nas planilhas de propinas da empresa.

Forças do Centrão têm trabalhado arduamente contra a PEC da segunda instância. Tanto o presidente da Câmara, como Davi Alcolumbre, do Senado, já demonstraram má vontade em fazer andar a proposta.

Publicidade