Siga-nos!

mundo

Departamento de Justiça dos EUA é criticado por comparar pais a terroristas

Secretário da Educação dos EUA acredita que os educadores têm papel em determinar programação educacional.

em

Joe Biden
Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden (Foto: Andrew Harnik/AP Photo)

Merrick Garland, procurador-geral dos Estados Unidos, enviou um memorando às agências federais de aplicação da lei, citando um aumento perturbador de assédio, intimidação e ameaças de violência contra administradores escolares, membros do conselho, professores e funcionários como justificativa para uma resposta federal.

O Procurador-geral dos EUA  instruiu o FBI a convocar reuniões com líderes federais, estaduais, locais, tribais e territoriais para facilitar a discussão de estratégias para enfrentar ameaças contra administradores escolares, membros do conselho, professores e funcionários.

No entanto, muitos notaram que são os pais que foram muitas vezes assediados e intimidados. Uma investigação descobriu que Beth Barts, membro do conselho escolar do condado de Loudoun, planejava ir atrás de pais com quem discordava ao encorajar as pessoas em um grupo do Facebook a hackear os mesmos.

De acordo com The Christian Post, o procurador-geral do Missouri, Eric Schmitt, enviou uma carta a Garland na terça-feira condenando as suas ações que poderiam silenciar pais que querem ter voz na educação de seus filhos.

“O Departamento de Justiça de Biden está armando seus recursos contra pais que se atrevem a defender seus filhos. Este perigoso exagero federal impõe um efeito arrepiante na liberdade de expressão, criminalizando a dissidência. Sempre defenderei os pais e continuarei a pressionar contra um exagero federal sem precedentes”, disse Schmitt.

Nas últimas semanas, os pais expressaram suas preocupações sobre o material a que seus filhos foram expostos na escola, como teoria crítica da raça, bem como material sexualmente explícito.

Quando questionado se os pais deveriam ser os principais interessados na educação de seus filhos, o secretário de Educação dos EUA, Miguel Cardona, respondeu dizendo que acredita que os pais são partes interessadas importantes, mas que também acredita que os educadores têm um papel em determinar programação educacional.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending