Siga-nos!

Política

Damares visita Brumadinho e diz que governo é duro com Vale

“O ministério vai fazer uma cabana neste local acompanhando todos os desdobramentos”, garantiu

Avatar

em

Publicidade

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, está em Brumadinho (MG) nesta quinta-feira (7), onde juntamente com sua equipe encontrou-se com o prefeito, bombeiros e membros da Defesa Civil que atuam na região atingida pelo desastre ambiental da Vale.

Durante a visita ao prefeito Avimar de Melo Barcelos (PV), no Córrego do Feijão, Damares garantiu: “Estamos sendo duros com a Vale, que isso fique bem claro. O governo federal está acompanhando de perto e esse ministério vai acompanhar os desdobramentos e as cobranças serão feitas”.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

A ministra também pediu que os familiares de vítimas da tragédia sejam cuidadosos ao assinar o recebimento da indenização de R$ 100 mil proposta pela Vale. Ela sugere que eles identifiquem que o documento não deve declarar que dá por encerrado qualquer tipo de indenização ou pedido de reparação de danos.

“O ministério vai fazer uma cabana neste local acompanhando todos os desdobramentos”, garantiu.

Posteriormente, ela foi de carro ao bairro do Córrego do Feijão, um dos mais afetados pela lama, onde conversou com moradores.

Apoio às vítimas

A imagem dos Direitos Humanos que se preocupa com vítimas lentamente vai sendo retomada no país. Esta semana, o Ministério enviou uma equipe a Abadiânia (GO), para avaliar o acompanhamento às pessoas que denunciaram o médium João de Deus por abuso sexual.

Continua depois da Publicidade

Isso surpreendeu Rodrigo Luiz Jayme, delegado que investiga o caso. Segundo o Diário do Poder, ele relatou que visitas do pessoal de direitos humanos são sempre para verificar a situação do preso, nunca das vítimas.

Publicidade
Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending