Siga-nos!

Sociedade

Damares quer combater automutilação entre estudantes

Ministra pretende usar essas informações para encaminhar crianças e adolescentes para acompanhamento

em

Damares Alves. (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, deseja combater a automutilação entre estudantes e para isso pedirá que escolas públicas e particulares informem às autoridades os casos registrados entre os alunos.

Segundo a jornalista Mônica Bergamo, a adoção de políticas públicas permitirá que as escolas informem os casos de automutilação para que esses alunos recebam o atendimento rápido.

O tema é uma das principais bandeiras da ministra que declarou que irá lutar para que nenhuma criança mais chore por abuso no país. Preocupada com os casos de automutilação e suicídio entre crianças e adolescentes, a Pasta comandada pela ministra evangélica deve realizar uma série de ações de conscientização e combate a essas práticas e suas causas.

Professores e familiares desses alunos também serão atendidos, para que possam identificar as causas e ajudá-los a superarem qualquer dificuldade.

Publicidade