Siga-nos!

Política

Damares Alves propõe “contrarevolução cultural” com apoio da Bancada Evangélica

Comentário foi feito durante diálogo com o deputado Silas Câmara.

em

Silas Câmara e Damares Alves. (Foto: Reprodução / Facebook)

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou nesta terça-feira (30) que uma das suas propostas é iniciar uma “contrarevolução cultural no Brasil”, assim como uma “releitura de direitos humanos” no país.

“Estamos nos propondo, deputado, àquele nosso grande sonho de uma contrarevolução cultural no Brasil. Uma releitura de direitos humanos”, disse ela ao presidente da Frente Parlamentar Evangélica (FPE), deputado Silas Câmara (PRB-AM).

Essa não é a primeira vez que a ministra usa o termo “contrarevolução”, ela já havia dito algo a respeito antes mesmo de assumir o cargo, quando afirmou que ao assumir o cargo ensinaria menino “a respeitar menina como menina”.

Damares voltou a falar sobre o tema durante uma análise dos primeiros 200 dias a frente da pasta, destacando que o governo Bolsonaro tem priorizado o direito à vida, as crianças, os idosos e muitos outros temas que não faziam parte das políticas do Ministério.

A ministra também aproveitou para elogiar o trabalho do deputado Silas à frente da Frente Parlamentar Evangélica, ressaltando que o político tem lutado junto com o governo.

Em contrapartida, o líder da Bancada Evangélica, como é conhecida a FPE, manifestou sua admiração pelo trabalho da ministra.

Afirmando que a bancada continua “constante e firme na posição de defender não apenas uma irmã em Cristo, mas principalmente uma profissional competente, uma dedicada servidora pública”.

Sobre a possibilidade de deixar o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares afirmou que permanece mais firme do que nunca no propósito de continuar realizando o seu trabalho.

Assista:

Ministra Damares faz balanço de 200 dias de trabalho com apoio da Frente Parlamentar Evangélica

Ministra Damares faz balanço dos 200 dias de trabalho com apoio da Frente Parlamentar EvangélicaA ministra da Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves faz balanço dos 200 dias de trabalho frente do Ministério e reconhece a atuação do presidente da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional dep. Silas Câmara (PRB/AM). #200dias #FPE

Posted by Frente Parlamentar Evangélica on Tuesday, July 30, 2019

Publicidade