Siga-nos!

igreja

Cristãos podem ser vítimas de ocultismo, diz exorcista

François-Marie Dermine escreveu livro para alertar cristãos sobre atuação demoníaca.

Avatar

em

Father François-Marie Dermine
François-Marie Dermine (Foto: Reprodução/YouTube)

Um exorcista veterano, o padre dominicano François-Marie Dermine, fez uma alerta aos cristãos sobre os ataques do mal, e afirmou que até aqueles cristãos que oram podem ser vítimas de mau-olhado, por exemplo, mesmo que seja mais difícil atacar, ninguém está livre.

Uma forma de azar lançada sobre alguém com o intuito de liberar algo destrutivo, gerar aflição à pessoa que foi mirada com o mau-olhado.

Desde 1994 o padre Dermine serviu em várias dioceses na Itália, e a pouco tempo ele publicou um novo livro chamado, Vamos Raciocinar sobre o Diabo: Entre Superstições, Mitos e Realidade, traduzido para o português.

O livro descreve que mesmo que os cristãos alvos de práticas ocultas e muitas vezes se transformam em vítimas, é possível derrotar esse mal contando com a ajuda de Deus. “Não há antídotos absolutos para a ação do diabo”, considera o autor.

Em uma entrevista recente ao National Catholic Register, Demine afirmou que: “Este fato foi confirmado por minha própria experiência. Todos podem ser vítimas do mal. Mas é óbvio que é mais difícil que uma pessoa que tenta viver uma vida honesta na graça de Deus se torne presa do diabo”, disse ele.

“Tenho seguido cristãos devotos que estavam sob suas garras. Mas se isso acontecer, se Deus permitir, é para capacitar essas pessoas a alcançar um bem maior”, afirmou o padre.

“Eu pessoalmente testemunhei que essas pessoas podem dar um salto qualitativo importante em sua vida humana e em sua vida de . Também temos vários exemplos de santos possuídos na história, e isso significa muito”, continuou.

“No entanto, essas pessoas conseguiram vencer a batalha com a ajuda de Deus, e isso fortaleceu sua santidade e humanidade também”, concluiu o padre.

Dermine disse que desejava tornar o público mais ciente da existência do diabo, pois ele não gostava de ouvir as pessoas e até os padres negando que o demônio tinha uma ação verdadeira contra nós. “Eu não aguentava mais essa situação. É a razão fundamental pela qual escrevi este livro”, afirmou.

Segundo o The Christian Post, Dermine fala sobre a crença em satanás e afirma que: “A fé privada da crença na existência do diabo não é genuína porque a existência dos anjos é uma verdade da fé, e o diabo é um anjo caído. Estou muito claro deste ponto de vista”.

“Quem nega a existência do o diabo é um herege. Obviamente, o diabo não está no centro da fé, mas sua figura é indispensável para compreender o mistério da fé”, concluiu. Ele ressaltou ainda que os cristãos devem tomar cuidado para não “demonizar” tudo.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending