Siga-nos!

Sociedade

Cristãos enfrentam ateus e não permitem derrubada de “cruz do Natal”

Associação ateísta tenta retirar o monumento pela via judicial

em

Cruz de Ozark

Uma cidade do Missouri está testemunhando uma reação inédita de cristãos às tentativas de grupos ateus em acabar com o sentido tradicional de Natal. A cidade de Ozark, anunciou que iria remover uma cruz que sempre é iluminada na época das festividades do final de ano.

Eles estariam aceitando o pedido da Freedom From Religion Foundation, organização ateísta que ameaçou entrar na justiça para que o símbolo religioso não ficasse mais em “território público”, no caso, o parque Finley River.

A população cobrou a prefeitura e fez manifestações. O prefeito de Ozark, Rick Gardner, voltou atrás e disse que a cruz permanecerá no mesmo lugar. “A cruz não será retirada e será iluminada a partir de hoje à noite. Nós ouvimos os pedidos dos cidadãos e concordamos com eles. Estamos agora avaliando todas as nossas opções para lidar com essa situação”, explicou ele em nota.

Gardner explicou ao jornal local que recebeu centenas de mensagens apoiando a cruz. “Todo mundo quer isso”, assegurou o prefeito. “Isso faz parte de Ozark, este é um condado cristão, pelo amor de Deus.”

Contudo, admitiu que sabe que precisará enfrentar um processo da Freedom From Religion. Rebecca Markert, diretora jurídica da organização ateísta, disse que eles não vão desistir.

“Não importa se 99 de cada 100 pessoas acham que está tudo bem. Não é assim que nosso sistema funciona”, assegurou.