Siga-nos!

Internacional

Cristãos de 100 nações celebram a festa dos tabernáculos em Jerusalém

Os cristãos vêm ao evento porque sentem um chamado divino para celebrar a festa na Terra Santa.

em

Festa dos Tabernáculos da Embaixada Cristã Internacional de Jerusalém. (Foto: Reprodução / CBN News)

Entre os dias 13 e 20 de outubro Israel comemorou o Sucot, também conhecido como Festa dos Tabernáculos. Este ano, cerca de 5.000 cristãos de 100 países participaram da festividade bíblica.

Para John Lui, pastor da Carolina do Norte que esteve em Jerusalém para a festividade, o evento tem um profundo significado espiritual.

“É o cumprimento do capítulo 14 de Zacarias”, revelou ele à CBN News. “Os cristãos gentios deveriam ir a Jerusalém na festa de Sucot”, completou ele à CBN News.

Esta é a 40ª festa da Festa dos Tabernáculos da Embaixada Cristã Internacional de Jerusalém (ICEJ), uqe foi a entidade que juntou milhares de cristãos para esta viagem especial.

Pessoas vindas dos mais diferentes locais se juntaram à ICEJ para essa festividade, inclusive cristãos de ilhas pequenas do Pacífico como Ilhas Cook e Samoa, Fiji e outros, muitos ficaram mais de 18 horas no voo para chegar em Jerusalém.

Os cristãos vêm ao evento porque sentem um chamado divino para celebrar a festa na Terra Santa.

“Venho aqui e trago minha família para a bênção”, disse Reidun Kristoffersen, da Noruega. “E aqui sinto que o espírito é um novo poder… Então, aqui encontrei um novo poder. E eu vou para casa com novo poder”.

Piotr Wolochowicz, da Missão Vida Familiar, na Polônia, diz que participa da celebração porque “eu amo a Deus e porque amo Israel”.

“Estou tão abençoada por pisar neste solo. Eu tenho orado por Israel. Eu tenho um grupo de mulheres, uma organização de mulheres que intercederá por Israel … a paz de Israel”, disse Anna da Libéria.

Como parte da festa, os peregrinos participam de um desfile festivo nas ruas de Jerusalém.

“Porque estamos aqui? Para mostrar nosso amor por Israel. Nós apoiamos Israel. Acreditamos que Deus abençoa aqueles que abençoam Israel e, portanto, nosso coração é para você, porque nosso coração é para Deus e queremos ver Israel, todo Israel abençoado, vivendo em paz”, disse John do Havaí.

Um participante chamado Katy da Irlanda acredita que mais cristãos estão começando a entender a importância de visitar Israel.

“Acreditamos que mais e mais cristãos vão entender que precisam apoiar Israel e não acreditar nas mentiras, e assim diz que você abençoa Israel, será abençoado. Acreditamos que nossa terra, a Irlanda, está sendo abençoada hoje porque estamos abençoando Israel”, disse ela.

O ICEJ também atua ajudando judeus a fazerem o aliá, termo que se refere a imigração judaica para a Terra de Israel. Mais de 150.000 pessoas já fizeram o aliá através da empresa.

Publicidade