Siga-nos!

igreja perseguida

Cristãos afegãos deixados para trás serão vítimas de violência mortal, diz ONG

ADF International faz apelo aos governos para que ajudem minorias religiosas no Afeganistão

em

Chris Donahue
O general de divisão Chris Donahue, último americano a deixar o Afeganistão (Foto: Sgt. Alexander Burnett / Exército dos EUA)

A ADF International, instou a comunidade internacional a enfrentar a “terrível situação” das comunidades religiosas minoritárias no Afeganistão, incluindo 10.000 cristãos que segundo o grupo, precisam ser evacuados pois estão em extremo risco de serem alvo de violência mortal.

O grupo de direitos humanos disse que fez uma declaração oral na 31ª Sessão Especial do Conselho de Direitos Humanos sobre as graves preocupações e situação dos direitos humanos no Afeganistão na semana passada.

“Como relatos perturbadores de assassinatos, assédio e intimidação contra eles estão surgindo rapidamente, pedimos aos Estados e à comunidade internacional que deem a máxima atenção a essas minorias perseguidas e garantam as condições para sua saída rápida e segura do país, independentemente de terem documentos de viagem válidos”, disse o grupo.

O Talibã rapidamente tomou o controle de grande parte do país, após a saída das tropas americanas no Afeganistão,  eventualmente tomando a capital Cabul no início deste mês e forçando o governo a fugir. Em resposta à velocidade inesperada com que retomaram a nação, dezenas de milhares de americanos, aliados afegãos e outros tentaram desesperadamente deixar o país.

Na quinta-feira passada, um atentado suicida nos arredores do Aeroporto Internacional Hamid Karzai, em Cabul, matou 10 fuzileiros navais, dois soldados do Exército e um fuzileiro naval, juntamente com cerca de 170 civis, a maioria dos quais aguardavam sua evacuação.

Em resposta, os militares dos EUA mataram dois terroristas de alto perfil do ISIS-K, um “planejador” e um “facilitador”, em um ataque de drones no Afeganistão.

À medida que o número de evacuados aumenta, os EUA aumentarão seus esforços para fornecer abrigo temporário para os afegãos até que sejam realocados em vários locais nos EUA.

“Nos juntamos ao apelo aos governos para suspender temporariamente as deportações para o Afeganistão e reconsiderar os pedidos de solicitantes de asilo afegãos rejeitados temendo perseguição por causa de sua ou crenças”, disse Mazzoli, segundo The Christian Post.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending