Siga-nos!

Estudos Bíblicos

Covardia

Publicado

em



A covardia é algo socialmente aceitável.

Na religião, na política, nas relações e em quase tudo o que se compreende hoje em dia como civilização.
Mas como chegamos a esse ponto?

Como chegamos ao ponto onde o que era certo antes é errado hoje?
Talvez, a pergunta nem seja esta. Então me calo por alguns instantes e faço outra.

A antiga pergunta era uma fruta viçosa que perdeu seu brilho por algum motivo e caindo da árvore das ideias, morreu abrindo a porta da vida.
E essa porta é a semente que cresce lenta, nutrida por letras e frases.
Essa semente é a nova ideia, a nova pergunta, talvez a resposta.

O que somos?
O que realmente somos?
O que realmente somos desde ontem até agora?
Já crescida, a nova árvore é despida da pretensão de revelar algum sentido ou tornar-se a solução. O que temos é o agora, é o sim e é o não.

Resta viver honestamente mesmo quando os olhares se revelam implacáveis contra o que antes seria visto como algo bom.
Afinal a honestidade que um dia foi louvável hoje é só uma semente que renasce através do chão.
O que somos já nem sei pois não vejo humanidade em um mundo cuja mentira é parte da sociedade.

Mesmo ciclo, mesmo trajeto e a semente volta ao chão. A semente então ressurge com a leveza de um sussurro. Afinal o que fizemos pra chegar a esse ponto?
Afinal o que será da humanidade no futuro? Já que a covardia hoje em dia é socialmente aceitável resta aos fracos e covardes criticar de traz do muro.



Publicidade
Publicidade