Siga-nos!

igreja perseguida

Coreia do Norte deixa a liderança da Lista Mundial de Perseguição, após 20 anos

Afeganistão agora é considerado o pior país para professar o Cristianismo.

em

Ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-Un
Ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-Un (Foto: Reprodução/YouTube)

A organização Portas Abertas, responsável por monitorar a perseguição mundial contra cristãos em todo o mundo, divulgou na Lista Mundial de Perseguição 2022, com uma mudança histórica no topo, com Afeganistão assumindo como o pior país para exercer o Cristianismo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Isso acontece após 20 anos de liderança da Coreia do Norte, mas vem acompanhado do má notícia de que o país comunista não teve melhoras, pelo contrário, cresceu no volume de perseguições, mas a ameaça maior agora vem do Afeganistão.

De acordo com a organização, a mudança acontece após a tomada do território afegão pelo grupo terrorista Talibã, em agosto de 2021, devido a uma saída desastrosa dos Estados Unidos e forças aliadas do país.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A ascensão do grupo extremista encorajou outros jihadistas ao redor do mundo, principalmente em países da Ásia como Paquistão e Indonésia, e na África em nações como Somália, Nigéria e República Democrática do Congo. Está mais claro que os cristãos não podem contar com a proteção dos governos locais.

Com a mudança, a Coreia do Norte passa a ser o segundo país na lista, seguida por Somália, Líbia e Iêmen, no top 5 da Lista Mundial de Perseguição 2022.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending