Siga-nos!

Sociedade

Conselhos tutelares de SP terão 84 nomes ligados à igrejas evangélicas

Polarização política chegou na eleição para conselheiros tutelares em SP

em

Conselho Tutelar de SP. (Foto: Reprodução / TV Globo)

No último domingo (6) aconteceu a eleição de conselheiros tutelares e, em São Paulo, 34% dos conselheiros eleitos estão ligados a igrejas evangélicas.

No total são 84 nomes de homens e mulheres que fazem parte do grupo intitulado “Conselheiros do Bem”, que totalizava 250 pessoas, muitas delas com ligações com a Igreja Universal do Reino de Deus.

De acordo com um levantamento de O Globo, em sete bairros da capital paulista os conselheiros eleitos estão vinculados a igrejas: Aricanduva, Campo Limpo, Capão Redondo, Cidade Líder, Grajaú I, Jabaquara e São Mateus.

Os cinco eleitos também foram os cinco sugeridos pelo Conselheiros do Bem.

Já na Casa Verde, Cidade Tiradentes, Jaçanã, Penha e M’Boi Mirim, o grupo conseguiu eleger quatro dos cinco conselheiros eleitos.

Este ano a polarização política tomou conta das eleições de conselheiros tutelares, contando principalmente com a participação de candidatos evangélicos. Essa divisão fez com que mais pessoas fossem às urnas votar. Em 2018 113 mil pessoas participaram da eleição de conselheiros, este ano foram 144 mil eleitores.

Publicidade