Siga-nos!

Opinião

Como você lida com os seus fracassos?

Não permita que o seu fracasso de hoje paralise sua vida no futuro.

Carlito Paes

em

Menino chorando. (Photo by Kat J on Unsplash)

Não existe uma vida humana que seja uma sequência ininterrupta de vitórias. Cedo ou tarde, um dia precisaremos lidar com a perda. Todos nós experimentamos derrotas e fracassos. Até mesmo os grandes artilheiros acertam apenas 20% das bolas lançadas.

É fato também que todos cometemos erros e, por vezes, eles são grandes e tolos. Por mais consagrado que você seja na vida cristã, ou você errou, ou está errando ou vai errar. A questão é quando e como você lida com o fracasso.

Como você lida com o seu fracasso? Se não podemos escapar dessa realidade, uma das habilidades mais importantes que podemos aprender é como responder a ele. Todos teremos fracassos, mas não precisamos nos tornar fracassados. Pessoas bem-sucedidas aprendem a transformar cada derrota em uma experiência de aprendizado. Elas entendem que ele é o primeiro passo para o sucesso.

Aprendi com Rick Warren, um dos pastores mais íntegros que já conheci e que mais me influenciaram na vida, alguns princípios sobre este assunto. Você pode fracassar:

Quando não planeja com a devida antecedência.

Quem não planeja, está se planejando para o fracasso. Provérbios 27.12 diz: “O homem sensível fica atento aos problemas que terá adiante e se prepara para fazer frente a eles”. Quantos de nossos erros são consequência da falta de nos planejarmos melhor. Noé começou a construir a arca antes que a chuva começasse!

Quando pensa que já “chegou lá”.

É justamente quando uma baleia chega à tona, estufa o peito para respirar e lança o jato para o ar, é que ela leva a arpoada. Viver orgulhosamente é ficar vulnerável à derrota. Provérbios 16.18 afirma: “O orgulho leva à destruição e a arrogância conduz à queda”.

Quando tem medo de assumir riscos necessários.

O medo de fracassar pode levar ao fracasso. Preocupamo-nos com o que os outros irão pensar de nós se fracassarmos e, então, nem mesmo tentamos. O ex-atleta profissional de sucesso, Fran Tarkenton, disse: “O medo prepara você para ser um perdedor”. Fracassamos quando deixamos de aproveitar grandes oportunidades. “O medo do homem é uma armadilha perigosa” (Provérbios 29.25).

Quando desiste cedo demais.

Muitas vezes o sucesso está apenas um pouco mais à frente de você. É muitas vezes nos segundos finais que se ganha uma disputa. Continue! Se você não foi bem-sucedido da primeira vez que tentou, você é uma pessoa normal! “Um sujeito preguiçoso enfrenta problemas ao longo de toda a sua vida” (Provérbios 15.19). O preço da desistência pode ser muito maior que o preço da sua perseverança.

Quando você despreza os avisos de Deus.

A Bíblia é o manual para a vida que nos foi dado por nosso Deus e Criador. Ela está repleta de instruções práticas e diretrizes para o trabalho, lar, finanças, relacionamentos e saúde. Quando deixamos de segui-las, estamos pedindo para ter problemas. “Há caminhos que para o homem parecem direitos, mas ao final conduzem à morte” (Provérbios 14.12).

Lembre-se de que o fracasso só será definitivo quando você permite que ele o seja. Você jamais será um fracasso enquanto não desistir. Só os fracassados desistem! Não desista de sua fé em Jesus, da sua família, da sua carreira, do seu sonho. Considere agora os passos para recomeçar quando experimentamos o fracasso.

Assuma a responsabilidade pelo seu próprio fracasso.

Se você cometeu um erro, admita! Seja bem-vindo ao mundo os humanos! Não culpe outras pessoas.

Pessoas mal resolvidas amam culpar a falta de sorte, a economia, o chefe, o cônjuge e até mesmo Deus por seus infortúnios. Os vencedores, porém, jamais acusam os outros nem justificam a si mesmos quando erram.

Provérbios 28.13 diz: “Aquele que se recusa a admitir os seus erros jamais poderá ter sucesso. Porém, se confessá-los e abandoná-los terá uma nova chance.”

Reconheça os benefícios do fracasso.

O fracasso pode nos ensinar muito, porque ele nos mostra o que não funciona. Thomas Edison disse: “Não o chame de fracasso, mas de instrução!” Ele nos obriga a ser mais criativos, a buscar novas maneiras de realizar um trabalho e impede a arrogância e o egoísmo. O fracasso nos leva a reavaliar o que é importante. É uma das formas pelas quais Deus nos leva a refletir sobre a direção em que está indo nossa vida.

Se você nunca fracassasse, seria a pessoa mais insuportável e egoísta do mundo. Nossos fracassos nos ensinam também a termos misericórdia e paciência com as outras pessoas, em especial na família e no trabalho. Provérbios 20.30 nos ensina que, às vezes, é necessária uma situação dolorosa para fazer-nos mudar nossos rumos.

Peça a Deus sabedoria para compreender a causa. Pergunte a si mesmo porque você falhou e se, por ventura, existam motivos, até inconscientes, que o levaram a ficar predisposto ao fracasso. Por vezes sabotamos nossos próprios esforços, pelas seguintes razões:

  1. Medo do sucesso, que inclui ter que lidar com mais responsabilidade do que estamos dispostos a assumir.
  2. Culpa, um sentimento de que você não merece ser bem-sucedido.
  3. Ressentimento, pois alguns fracassam para se vingar dos que os pressionam a ser bem-sucedidos. Quando O buscamos, Deus proverá a sabedoria de que necessitamos para adquirir um discernimento valioso através do fracasso. Tiago 1.5 promete: “Se você carece de sabedoria, peça-a a Deus, que a dá generosamente a todos…”.

Esqueça o passado e concentre sua atenção no futuro.

O passado deve permanecer no passado. Ele não pode ser alterado. É como a água que já passou por baixo da ponte: você não pode fazer que ela volte para trás. O melhor a fazer é deixar de se preocupar com o passado e seguir em frente. Compreendendo a dor do fracasso e a futilidade de tentar desfazer o que foi feito no passado, o apóstolo Paulo escreveu: “Esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo” (Filipenses 3.13-14).

Não permita que o seu fracasso de hoje paralise sua vida no futuro. Decida que você não vai parar, até porque, não somos um fracasso quando perdemos, mas quando desistimos. Decida superar, aprender, crescer, superar e vencer!

Carlito Paes, pastor Batista, Palestrante e Escritor. Bacharel e Mestre em Teologia, Pastor Líder da Igreja da Cidade em S. J. dos Campos-SP. Fundador da Rede de Igrejas da Cidade e da Rede Inspire de Igrejas, autor de 26 livros públicados pelas Editoras Vida e Inspire e fundador de diversas organizações ministeriais como Colégio Inspire! Escreve semanalmente para o Jornal O Vale e para o Gospel Prime, casado com Leila Paes, pastora e psicóloga, vivem em SJC desde de 1997 com 4 filhos!