Siga-nos!

Opinião

Como diminuir a preocupação para ter uma vida saudável

Faça como o salmista e celebra cada manhã.

Abner Ferreira

em

Homem preocupado (Foto: Nathan Cowley/Pexels)

“O dia de amanhã terá suas próprias preocupações”, ensinou Jesus Cristo em Mateus 6.34. O que o Mestre tentava nos ensinar com isso? A não nos preocuparmos com o futuro e a deixarmos o passado para trás.

De nada adianta nos desgastarmos com preocupações a respeito do futuro. Como diz o ditado: “O futuro a Deus pertence”. Nesse sentido, devemos isolar o amanhã e vivermos o agora. Precisamos aprender a viver um dia de cada vez.

Não estou te dizendo para não planejar o futuro. O planejamento é saudável e deve ser exercitado. A Bíblia nos diz: “Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios” (Salmos 90.12).

Fazer planejamento a respeito do futuro é algo aconselhável, pois ajudará a evitar muitos problemas que poderíamos enfrentar pela falta de planejamento. Isso é incentivado em toda a Palavra de Deus.

No entanto, a preocupação a respeito do futuro não trará coisas boas e ainda pode mantê-lo estagnado pelo medo. Por conseguinte, isso pode prejudicar nossa saúde emocional.

Esqueça os problemas dos “amanhãs” que ainda não nasceram e parem de se torturar pelos erros que já ficaram no passado. Já disse aqui, em um artigo de felicitações pelo Ano Novo, que os ciclos são oportunidades de recomeço.

Ciclos de anos, meses e dias devem ser usados para isolar as preocupações. Se a crise te atingiu no ano que passou, levante a cabeça e comece a viver o agora. De nada adianta carregar o peso de ontem.

Desperdiçar energia com o ontem ou com o amanhã é algo extremamente negativo para o que você poderia estar vivendo. “Não andeis ansiosos por coisa alguma”, diz Filipenses no capítulo 4 e versículo 6.

Se você isolar a preocupação com o ontem e com o amanhã, então poderá viver o hoje com mais ânimo. Conseguirá empenhar mais energia para planejar o futuro e alcançar seus objetivos.

O escritor Alphonse de Lamartine escreveu: “A preocupação de cada dia em cada dia basta”. Sob essa visão, aprendemos que devemos resolver um problema de cada vez.

Em meio a isso, temos a certeza que o Arquiteto da Vida está moldando o nosso futuro à medida que confiamos n’Ele. Sua promessa é de dar um futuro para nós.

“Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais”, disse.

Na sua famosa oração do “Pai Nosso”, Jesus Cristo faz a Deus um pedido: “O pão nosso de cada dia nos dai hoje”. Partindo deste pensamento, entendemos que a melhor maneira de evitar as preocupações é viver um dia de cada vez.

Ouvi um idoso dizer que em sua vida experimentou muitas preocupações que lhe prejudicaram muito, mas que a maior parte delas nunca aconteceu.

Faça como o salmista e celebra cada manhã. Aprenda a exercitar a gratidão por cada dia novo que o Senhor te concede (Salmos 118.24).

“Perde-se a vida quando a pretendemos resgatar à custa de demasiadas preocupações.” (William Shakespeare)

Cristão, advogado, esposo, escritor, discípulo e Presidente da Assembleia de Deus em Madureira.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE