Siga-nos!

Política

Clark Crente deseja ser vereador

Candidato curitibano usa a fé como plataforma política

em

Na disputa por uma vaga na câmara de vereadores de Curitiba, como na maioria das capitais, há candidatos que fazem de tudo para chamar a atenção dos eleitores. Além do ator Ahnão e do pai-de-santo Chik Jeitoso, o PDT terá uma espécie de super-herói. Na capital paranaense, seu partido está coligado com o PV e o PT.

Ewerson Alves da Silva, que usa o título de “Clark Crente”, tem 31 anos, é casado com a professora Deise Cristina Machado da Silva e pai de Maria Carolina Machado da Silva, de 9 anos.

Sua plataforma principal é a educação, mas ele diz que também “incentiva o esporte em todos os seus segmentos, pois acredita que o esporte é fundamental para a qualidade de vida das pessoas”.

Mas a escolha do nome que irá aparecer nas urnas é uma questão de fé. Ele afirma ser “surfista de Cristo, nadador e corredor” e já ter feito trabalho social com missionários em outros países “transmitindo amor, alegria e esperança para crianças carentes”. Isso fica ainda mais claro em seu perfil no Facebook,  onde ele diz que deseja “mandar por terra todo o mau, inspirado pelo Espírito Santo” e que foi empregado por Jesus Cristo para “batalhar contra as artes das trevas”.

Ewerson (ou Clark) diz que “suas batalhas pela busca de justiça social e melhor qualidade de vida da população são fundamentadas pela vida religiosa, onde busca força e esperança”. E vai mais além, usando o nome de Jesus, defende seu compromisso “com a verdade, a ética, a justiça e a valorização do cidadão”.

Embora seu site não traga informações como o número de sua candidatura, o “personagem” está fazendo sucesso nas redes sociais por conta do nome inusitado da candidatura.

Publicidade