Siga-nos!

Ciência & Saúde

Cientistas israelenses acreditam ter encontrado a cura para o câncer

Dentro de alguns anos o “antibiótico contra o câncer” poderá ser conhecido pelo mundo

Publicado

em

Células cancerosas. (Foto: Pixabay)
Publicidade

Uma pequena equipe de cientistas israelenses está apostando num tratamento inovador que promete a cura do câncer em apenas algumas semanas de tratamento.

Os efeitos colaterais serão mínimos, se houver, e a um custo muito menor do que os tratamentos atualmente disponíveis na indústria farmacêutica.

O doutor Dan Aridor dono da empresa Acelerated Evolution Biotechnologies (AEBi), fundada em 2000, dentro da incubadora ITEK, garantiu que a cura do câncer será eficaz desde o primeiro dia. “Nossa solução será genérica e pessoal”, disse.

O tratamento conhecido por MuTaTo (toxina multi-alvo) foi comparado a um “antibiótico de câncer” e está classificado entre os tratamentos de mais alta tecnologia. Conforme o Jerusalém Post, as estatísticas apontam para um número cada vez maior de casos de câncer.

“Há pelo menos 18,1 milhões de diagnósticos a cada ano”, apontou o relatório da Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer. Por enquanto, o MuTaTo está sendo testado em camundongos e já se mostrou eficaz no processo de inibição do crescimento de células cancerígenas.

A empresa AEBi está prestes a iniciar uma rodada de ensaios clínicos que podem ser concluídos dentro de alguns anos e disponibilizar o tratamento em casos específicos.

Publicidade

Publicidade