Siga-nos!

igreja perseguida

China proíbe serviços religiosos estrangeiros pela internet

Organizações não poderão realizar trabalho missionário ou treinamento religioso.

em

Xi Jinping
Xi Jinping (Foto: Reprodução/YouTube)

O regime comunista da China proibiu que organizações estrangeiras ofereçam serviços de informação religiosa pela internet, segundo informou a imprensa local nesta terça-feira (21).

De acordo com a decisão anunciada, somente organizações e indivíduos chineses terão poderão operar serviços religiosos pela internet, mas terão que solicitar permissão, conforme informou o Global Times.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Além disso, os indivíduos e organizações terão de pregar doutrinas religiosas “que conduzam à harmonia social” e que guiem os crentes “ao patriotismo e ao respeito à lei”.

Os pregadores também estão proibidos de usar nomes fictícios para atuar nestas plataformas online, sendo obrigados a usar seus nomes reais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Entre as medidas, o regime comunista proibiu a transmissão ao vivo de atividades religiosas, como batismo, queima de incenso, adoração a Buda ou cânticos religiosos.

O jornal também informou que “nenhuma organização ou pessoa” será autorizada a realizar trabalho missionário ou treinamento religioso.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

As novas medidas foram elaboradas pela Administração de Assuntos Religiosos, a Administração do Ciberespaço da China, o Ministério de Indústria e Informação, o Ministério da Segurança Pública e o Ministério da Segurança do Estado.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending