Siga-nos!

Internacional

Chanceler da Venezuela pede reunião entre Trump e Maduro

Jorge Arreaza entende que a ONU pode viabilizar este encontro para buscar uma saída para a crise venezuelana

Avatar

Publicado

em

Jorge Arreaza
Jorge Arreaza. (Foto: Jean Marc Ferre/ Reuters)
Publicidade


Durante seu pronunciamento no Conselho de Direitos Humanos da ONU (Organização das Nações Unidas), o chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, pediu que seja marcada uma reunião entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e Nicolás Maduro.

Segundo ele, o encontro é buscar uma saída para a crise que assola o país sul-americano.

Publicidade

Leia mais...

“Voltamos a fazer esta denúncia [de agressão contra a Venezuela] e voltamos a abrir o caminho para o diálogo com os Estados Unidos”, afirmou Arreaza.

A declaração foi feita nesta quarta-feira (27) em Genebra, onde o chanceler afirmou que acredita que a ONU possa dar uma importante contribuição para viabilizar este diálogo. “Temos que parar esta guerra”, acrescentou.

Publicidade

Ele ainda declarou que as sanções internacionais impostas contra seu país visam “derrubar um governo eleito” e isso constitui em uma “violação das normas de Direito Internacional”.

Arreaza também se queixou que em uma reunião do Conselho de Segurança da entidade, a delegação norte-americana se recusou a reconhecer seu apoio à Carta das Nações Unidas no que diz respeito “à rejeição do uso da força e da ameaça” contra a Venezuela.




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


Comente!
Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending