Siga-nos!

Sociedade

Celso de Mello cita Simone de Beauvoir e diz que “não se nasce mulher, torna-se”

Ele afirmou ainda que a heteronormatividade e grupos religiosos geram agressões contra gays

Avatar

Publicado

em

Celso de Mello
Celso de Mello. (Foto: Nelson Jr./SCO/STF)
Publicidade


Durante o segundo dia de sessão para o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) 26, o ministro Celso de Mello, relator da ação, fez um longo discurso contra a “heteronormatividade”.

Citando a escritora feminista Simone de Beauvoir ele afirmou: “Não se nasce mulher, torna-se mulher”, e ainda se mostrou a favor da chamada ideologia de gênero, atacando diretamente os grupos religiosos contrários à prática.

Publicidade

Leia mais...

“Determinados grupos políticos e sociais, inclusive confessionais, motivados por profundo preconceito vêm estimulando o desprezo, promovendo o repúdio e disseminando o ódio contra a comunidade LGBT.”, afirmou.

Mello também criticou o discurso da ministra Damares Alves, da pasta da Mulher, sobre  “meninas usam rosa e meninas usam azul” e ainda citou inúmeras reportagens sobre morte de homossexuais por razões de homofobia.

Publicidade

O julgamento das ações pedindo a criminalização da homotransfobia será retomado na próxima quarta-feira (20) quando o ministro Celso de Mello continuará seu voto.




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


Comente!

Publicidade





    Publicidade
    Publicidade

    Trending