Siga-nos!

Sociedade

Casados rejeitam Obama em pesquisas para a eleição presidencial nos EUA

Solteiros seriam mais preocupados com a questão dos gays enquanto casados são mais conservadores

Avatar

em

Uma pesquisa da universidade Quinnipiac apontou que os eleitores solteiros e mulheres são responsáveis pela vantagem do presidente Barack Obama sobre o adversário Mitt Romney na disputa presidencial dos EUA.

Obama lidera entre os solteiros com 54% contra 34% do republicano; já entre os eleitores casados a vantagem de Romney é de 51% ante 38%, segundo a pesquisa.

A diferença entre a preferência dos eleitores também pode ser vista quando se compara os gêneros. Obama tem ampla vantagem entre as solteiras, 60% a 31%, enquanto Romney lidera entre as casadas, com 49% a 42%. Romney também lidera, por 19 pontos percentuais, entre os casados, enquanto Obama tem vantagem de 9 pontos entre os solteiros, de acordo com a Reuters.

No resultado geral, Obama possui uma vantagem de 3% sobre Romney a apenas quatro meses da eleição presidencial.

Segundo o analista Peter Brown, da Quinnipiac, os casados são mais maduros, ao passo que os solteiros se preocupam mais com as questões dos gays e questões reprodutivas.

“Pessoas casadas são provavelmente mais velhas, mais seguras financeiramente e mais conservadoras socialmente do que os eleitores não casados”, disse ele.

“Eleitores casados são mais prováveis a se concentrar na economia e na saúde, enquanto os eleitores solteiros estão mais focados em questões como o direito gay e as questões reprodutivas”, acrescentou.

Outras pesquisas, como a da Reuters/Ipsos, apontam vantagem de 6 pontos  para Obama.

A eleição presidencial norte-americana acontece em 6 de novembro.

Jornalista, assessora de imprensa e blogueira, mora no interior de São Paulo e é casada com Christiano Gomes. Sempre atenta aos fatos e assuntos relacionados aos cristãos, tem como uma de suas paixões a Igreja Perseguida ao redor do mundo. Aqui vai mostrar seu ponto de vista sobre a realidade que nos cerca, seja no bairro próximo ou nos mais recônditos países do mundo.

Publicidade