Siga-nos!

Mundo Cristão

Cansados da guerra, sírios ouvem falar de Jesus e recebem exemplares da Bíblia

A Free Burma Rangers (FBR) tem oferecido trabalho social em diversas áreas, para ajudar os sírios a se reerguerem

Avatar

em

Sírio recebe Bíblia de ministério. (Foto: Free Burma Rangers)
Publicidade

O caos físico, financeiro e emocional causado pela guerra promovida pelo Estado Islâmico deixou os sírios cansados e desanimados. A Free Burma Rangers (FBR), entidade liderada por Dave Eubank, ex-oficial das Forças Especiais do Exército dos EUA tem atuado no país levando assistência médica e ajuda vital aos sírios.

Além disso, eles também oferecem apoio espiritual e os sírios estão se aproximando cada vez mais da fé cristã, recebendo exemplares da Bíblia e aceitando ouvir mais sobre o Evangelho.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

Recentemente a equipe da FBR estava trabalhando em uma escola em Dadat, Manbjji, localizada a poucos quilômetros de postos do Exército Livre da Síria e do exército turco. Apensar dos riscos de encontrar combatentes da Al Qaeda ou do próprio Estado Islâmico, o grupo de voluntários compartilharam o Evangelho com as crianças através do programa “Clube da Boa Vida”.

“Nós fizemos o programa e eu dei meu testemunho de como me entreguei para Jesus. Me oferecia a distribuir Bíblias e um professor me disse: ‘Por favor me dê, eu quero um exemplar’. Eu dei a ele uma Bíblia e outros professores também quiseram”, revelou ele que ajudará a escola a reformar o teto.

Depois de um tempo, o professor enviou um e-mail agradecendo o trabalho dos americanos dizendo que sentiu amor e compaixão da parte dos voluntários. “O EI é horrível e tem zero respeito pela vida”, comparou ele.

O e-mail continua com o professor desejou que Deus abençoasse o trabalho da FBR. “Graças a Deus temos a FBR para buscar justiça e segurança para todos! Que o Senhor continue a direcionar seus passos. Que a mão protetora de Deus continue cobrindo você, sua equipe e família”, escreveu o professor.

Continua depois da Publicidade

Além desse trabalho na escola, que gerou muitos frutos, os voluntários também estiveram em Raqqa, cidade que já foi decretada a capital da califado e que depois foi reconquistada. Ali eles encontraram os escombros de uma igreja e resolveram orar por sua reconstrução.

Segundo informações da CBN News, enquanto os voluntários oravam, um homem se aproximou e conversou com eles, dizendo que era um cristão interessado em reconstruir aquele templo. “Fui baleado quatro vezes pelo EI, mas trouxe minha família de volta agora”, disse ele.

Naquela cidade haviam 5.000 cristãos, hoje são cerca de 15 pessoas. “Ficamos todos maravilhados e rezamos com ele por ajuda para reconstruir esta igreja. Eu disse que não tinha fundos suficientes para isso, mas orei com ele por isso e lhe disse que continuaria orando e tentando. Esses dois homens e outros nos inspiraram. para ficar com e ajudar os novos crentes aqui”, disse Eubank.


Clique aqui e entre no grupo Gospel Prime!

Publicidade
Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending