Siga-nos!

Política

Cabral diz que esquema de propina envolvia religiosos católicos

O arcebispo Orani Tempesta e o padre Dom Paulo foram citados nominalmente durante o depoimento do ex-governador do RJ

Avatar

em

Sérgio Cabral
Sérgio Cabral. (Foto: Reprodução / Youtube)
Publicidade

Ao prestar depoimento ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, nesta terça-feira (26), o ex-governador Sérgio Cabral declarou que o esquema de propina envolvia a cúpula da Igreja Católica no Rio de Janeiro.

O arcebispo Orani Tempesta e um outro padre identificado como dom Paulo foram citados nominalmente pelo ex-governador, segundo informações da Agência Brasil.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

“Eu não tenho dúvida de que deve ter havido esquema de propina com a OS da Igreja Católica, da Pró-Saúde. Eu não tenho dúvida. O dom Orani devia ter interesse nisso, com todo respeito ao dom Orani, mas ele tinha interesse nisso. Tinha o dom Paulo, que era padre, e tinha interesse nisso. E o Sérgio Côrtes nomeou a pessoa que era o gestor do Hospital São Francisco. Essa Pró Saúde certamente tinha esquema de recursos que envolvia religiosos. Não tenho a menor dúvida”, disse Cabral.

O depoimento foi colhido a pedido do próprio ex-governador e fez parte do último ato da Operação Fatura Exposta, que investigou pagamentos de propinas dos setor de saúde a agentes públicos.

Igreja Católica comenta denúncia

Através de uma nota, a Igreja Católica declarou que o único interesse das organizações sociais é que elas visam o bem comum. “Sobre o depoimento do ex-governador, podemos afirmar que a Igreja Católica no Rio de Janeiro e seu arcebispo têm o único interesse que organizações sociais cumpram seus objetivos, na forma da lei, em vista do bem comum”.

A OS Pró-Saúde também emitiu uma nota dizendo: “A Pró-Saúde tem colaborado com as investigações e, em virtude do sigilo do processo, não se manifestará sobre os fatos. A entidade filantrópica reafirma neste momento o seu compromisso com ações de fortalecimento de sua integridade institucional, bem como com a prestação de um importante serviço à saúde do Brasil”.

Publicidade