Siga-nos!

Internacional

Britney Spears se baseia na Bíblia para condenar o casamento gay

A cantora cresceu em uma igreja batista e se diz fã do pastor Max Lucado

em

Britney Spears tem muitos fãs, amigos e colegas de profissão que são homossexuais, mas segundo um tablóide americano a cantora pop não apoia o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Uma pessoa próxima da cantora disse ao jornal The National Enquirer que ela não aceita o casamento gay porque a Bíblia condenada a prática e se o Livro Sagrado é contra, ela também será contra.

A “princesinha do pop” fez esse comentário quando passou a ser criticada por ter dito no Twitter que seu autor favorito é o pastor Max Lucado. Por conta de sua posição contra o casamento gay, o religioso é tido nos Estados Unidos como uma pessoa homofóbica.

Max Lucado é famoso no Brasil por seus livros que batem recorde de vendas, entre os mais conhecidos estão “O Salvador mora ao lado” e “3:16”.

Apesar de não concordar com o casamento gay, Britney Spears nega que seja homofóbica e lembra até que seus dançarinos e outros profissionais que trabalham com ela são gays. Vale lembrar que em 2003 a cantora deu um beijo em Madonna durante o Video Music Awards, uma premiação da MTV americana.

Britney cresceu em lar evangélico, sua família frequenta uma igreja batista em Louisiana, porém a cantora raramente participa das reuniões.

Publicidade