Siga-nos!

Internacional

Brasileira é presa nos EUA após arrancar boné pró-Trump de americano e pode ser deportada

Rosiane Santos entrou com visto de turista em 1994 e nunca mais retornou ao Brasil

Publicado

em

Rosiane Santos
aRosiane Santos. (Foto: Reprodução / Youtube)


A brasileira Rosiane Santos, 41 anos, foi presa há duas semanas depois de arrancar um boné pró-Trump de um americano em uma confusão dentro de um restaurante mexicano em Massachusetts.

O homem vestia um boné com a inscrição “Make America Great Again” (Faça a América Grande de Novo), slogan usado por Donald Trump na campanha eleitoral em 2016.

Para Rosiane, Bryton Turner não deveria entrar em um restaurante mexicano com aquele boné. Por isso, ela o arrancou. O caso foi registrado pela vítima que identificou a brasileira como a autora do ataque.

“Veem isso aqui? Esse é o problema”, diz Turner na gravação. “Pessoas ignorantes como essa. Estou apenas tentando sentar aqui e ter uma boa refeição, e olhem isso.” Neste momento, ela aborda Turner por trás, bate no boné dele e começa a disparar alguns palavrões.

“Esse é o problema com a nossa América hoje em dia. As pessoas são ignorantes e querem atacar as que são educadas.”

Aconteceu que Rosiane está ilegalmente nos Estados Unidos. Ela entrou no país há quase 25 anos com visto de turista e nunca mais retornou. Agora ela poderá ser deportada. Ela foi liberada da prisão em 26 de fevereiro e agora está em processo de remoção no tribunal federal de imigração.



Publicidade
Publicidade