Siga-nos!

Política

Bolsonaro se reúne com Moro e o condecora após vazamentos

Encontro não estava na agenda nem do presidente, nem do ministro da Justiça.

Michael Caceres

em

Sérgio Moro e Jair Bolsonaro. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente da República, Jair Bolsonaro, se reuniu nesta terça-feira (11) com o ministro da Justiça, Sergio Moro, no Palácio da Alvorada. Foi o primeiro encontro entre eles desde os vazamentos criminosos de mensagens privadas entre o ministro, quando era juiz federal responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba, e integrantes da força-tarefa.

Após a reunião, eles seguiram para um evento da Marinha, no qual Moro foi condecorado com a medalha da Ordem do Mérito Naval. Os dois foram juntos de lancha para o local da cerimônia e sentaram lado a lado, acompanhados por outros 13 ministros, como Paulo Guedes Guedes (Economia), Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos).

O ministro da Justiça chegou às 9 horas ao Alvorada, em um carro com vidros escuros e desceu sem falar com a imprensa. A reunião entre o presidente e Sergio Moro durou menos de 30 minutos, em seguida eles foram conduzidos até a lancha Amazônia da Marinha, na marina privativa do Palácio da Alvorada.

A embarcação levou os dois até o Grupamento de Fuzileiros Navais, também situado às margens do Lago Paranoá. Apesar de o encontro não estar previsto na agenda nem de Bolsonaro nem de Moro, a reunião acabou demonstrando apoio do presidente ao ex-juiz federal.

Ontem, através de sua assessoria, o presidente Bolsonaro se manifestou brevemente sobre o caso e ressaltou apoio ao ex-juiz federal. “Nós confiamos irrestritamente no ministro Moro”, disse.

Publicidade