Siga-nos!

política

Bolsonaro: “Não há vacina para curar o socialismo”

Presidente da República agiu com humor às declarações preconceituosas do presidente argentino.

Avatar

em

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Marcelo Cardoso/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro passou um pano nas declarações preconceituosas sobre a origem do povo brasileiro do presidente argentino Alberto Fernández, na sua live transmitida ontem, quinta-feira (10).

O “hermano” afirmou na última quarta-feira (9), que os mexicanos surgiram dos índios, os brasileiros são oriundos da selva, e os argentinos vieram de barcos da Europa.

“Não levo em consideração isso que o Fernández falou”, afirmou o chefe do Executivo federal na live no YouTube. “Levo na brincadeira, pô!”.

O discurso de Fernández foi feito durante uma conversa com o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez.

No entanto, Bolsonaro não perdeu a oportunidade de brincar com o político:

“Com todo respeito ao povo argentino: não há vacina para curar o socialismo, essa visão retrógrada de Fernández e [Nicolás] Maduro”, brincou Bolsonaro, citando também o presidente da Venezuela.

Em sequência, ele saudou o povo argentino, e disse que a rivalidade do Brasil com os argentinos é só no futebol, e que tirando isso eles são irmãos.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending