Siga-nos!

Política

Bolsonaro diz que se acreditar na grande imprensa será o “fim de todos”

Presidente criticou postura de parte da imprensa, apontada como “inimiga”.

em

Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Agência Brasil)

O presidente da República, Jair Bolsonaro, criticou a postura de parte da “grande imprensa” no Twitter, apontada como “nossa inimiga”.

Bolsonaro destacou que a estratégia utilizada para dividir seus aliados, afirmando que “o inimigo se fortalece” enquanto seus aliados se confrontam.

“Enquanto lutamos entre nós o inimigo se fortalece”, escreveu o presidente. “Não temos como agradar a todos, vasculham minha vida e de minha família desde 1988, quando me elegi vereador”, continuou.

Para o presidente, a imprensa não o “deixará em paz” e se a sociedade acreditar na narrativa construída por alguns veículos de comunicação, “será o fim de todos”.

“Nossa inimiga: parte da GRANDE IMPRENSA. Ela não nos deixará em paz. Se acreditarmos nela será o fim de todos (sic.)”, escreveu.

Horas depois, Bolsonaro denunciou uma investida do jornalista João Paulo Saconi, da revista Época, ligada a Rede Globo, se passou por gay para fazer sessões com sua nora, Heloísa, esposa do deputado Eduardo Bolsonaro e gravou todas as sessões.

“O deveria ficar apenas entre os dois, por questão de ética, agora vem a público”, denunciou.

Publicidade