Siga-nos!

Educação

Bolsonaro anuncia “Lava Jato da Educação”

ProUni e Pronatec são alguns exemplos de programas que teriam sido usados para desvios de recursos

Avatar

Publicado

em

Jair Bolsonaro e Ricardo Vélez Rodríguez
Jair Bolsonaro e Ricardo Vélez Rodríguez. (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Publicidade


Foi anunciado nesta quinta-feira (14) a criação de uma “investigação interministerial” para apurar indícios de corrupção no Ministério da Educação (MEC). Na ocasião, um “protocolo de intenções” foi assinado pelos ministros Ricardo Vélez Rodríguez, da Educação, e Sérgio Moro, da Justiça, por representantes da Controladoria Geral da União (CGU) e da Advocacia Geral da União (AGU) e da Polícia Federal.

“Queremos apurar todos os desvios praticados por pessoas que usaram o MEC e as suas autarquias como instrumentos para desvios”, disse Rodríguez aos jornalistas.

Publicidade

Leia mais...

Um dos exemplos de indícios de corrupção, o ministro falou sobre supostos “favorecimentos indevidos no Programa Universidade para Todos (ProUni)”, supostos desvios  no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), envolvendo o sistema S, concessão ilegal de bolsas de ensino a distância e irregularidades em universidades federais.




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


Comente!
Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending