Siga-nos!

Sociedade

“Boechat era ateu, mas praticava o maior mandamento de todos”, diz viúva

Velório acontece no MIS, em São Paulo, e cerimônia de cremação será Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo

Publicado

em

Veruska Seibel
Veruska Seibel. (Foto: Brazil News)
Publicidade

O velório do jornalista Ricardo Boechat se iniciou às 23h desta segunda-feira (11), no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo.

A esposa do jornalista, Veruska Seibel, as duas filhas mais novas, Valentina, 12 anos, e Catarina, 10, chegaram antes dos demais familiares e amigos.

Seibel, fez uma pequena declaração aos jornalistas presentes afirmando que seu esposo era ateu, mas praticava o amor ao próximo. “Meu marido era o ateu que praticava o mandamento mais importante de todos, que é o amor ao próximo”, disse ela.

A viúva afirmou que não conseguiu ver nada da repercussão da morte de seu esposo e que estava clamando a Deus para superar o momento. “Estou pedindo a Deus que dê forças nessa hora”.

Boechat faleceu em um acidente de helicóptero. A aeronave que ele estava caiu em uma rodovia em São Paulo, em cima de um caminhão. O jornalista e o piloto não sobreviveram. O motorista do caminhão conseguiu sobreviver e foi socorrido.

Publicidade