Siga-nos!

igreja perseguida

Bases de propaganda comunista substituem locais religiosos, na China

Partido Comunista da China tem investido contra a crença.

Avatar

em

Templo descaracterizado na China
Templo religioso descaracterizado na China (Foto: Reprodução/Bitter Winter)

Incontáveis igrejas e templos ancestrais se transformaram em “Estações de Prática de Civilização Para Uma Nova Era”, na China. Um projeto nacional que promove o pensamento de Xi Jinping sobre o socialismo com características chinesas e fortalece o trabalho de propaganda ideológica do Partido.

Em um relatório, o Museu da Cultura da cidade de Shengzhou, na China, disse que o centro cultural foi construído para implementar as posições ideológicas aos moradores em áreas rurais, já que há muitas igrejas e pessoas de envolvidas em atividades religiosas.

As pessoas estavam lotando os festivais religiosos, mas não estavam frequentando os espaços culturais nas aldeias.

Segundo um cristão de Sanjie, alguns crentes pararam de ir à igreja para ir ao auditório cultural assistir filmes, dançar ou até mesmo obter serviços médicos gratuitos que são oferecidos pelas autoridades locais para atrair mais pessoas.

De 2013 a 2020, mais de dez mil auditórios culturais foram construídos em áreas rurais da província de Zhejiang, muitos deles foram criados em igrejas e templos ancestrais que foram confiscados pelo governo.

“Se o Partido Comunista não assumir a ideologia dos residentes rurais, será assumido pela religião”, disse um funcionário do governo da cidade. “Se o Partido Comunista eliminar as religiões abertamente, vai criar uma imagem muito negativa no mundo. É necessário tentar muito reduzir o espaço para a religião”, continuou.

No condado de Shangrao, desde 2008 até 2009, foram abertas 362 destas estações para doutrinação ideológica. O vice-diretor de um departamento de publicidade na cidade explicou que “essas estações de prática devem orientar a ideologia das pessoas e fazê-las seguir o Partido. Se as pessoas participarem de atividades, não terão tempo para acreditar nas religiões”.

De acordo com o Bitter Winter, o governo ocupou os templos de tal forma que nem casamentos e nem funerais podem ser feitos mais nos locais, nem a genealogia dos clãs, apenas as atividades em prol do Partido Comunista da China podem ser realizadas, os moradores não têm o direito usar para fins da comunidade ou eventos.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending