Siga-nos!

Internacional

Arqueólogos israelenses descobrem cidade com 5.000 anos ao norte de Israel

No local foram encontrados fragmentos de cerâmica, ferramentas de pedra e vasos do período da Idade do Bronze

em

Escavações em cidade de Israel. (Foto: EPA/ATEF SAFADI)

Neste domingo (6) arqueólogos israelenses anunciaram a descoberta de uma grande cidade antiga com aproximadamente 5.000 anos localizada ao norte de Israel.

Segundo a Autoridade de Antiguidades de Israel, a cidade antiga foi descoberta durante os preparativos para construir uma autoestrada perto de Harish, 50 quilômetros a norte de Tel Aviv.

Para os arqueólogos, a cidade encontrada era “cosmopolita e planejada”, datada do início da Idade do Bronze. Ela ocupava cerca de 65 hectares e pelo menos 6.000 pessoas moravam ali, segundo informações do Diário de Notícias.

Foram encontrados também um templo com rituais incomum, com ossos de animais queimados e uma estatueta de uma cabeça humana, assim como fragmentos de cerâmica, ferramentas de pedra e vasos.

A equipe acredita que os achados indicam um período em que as populações rurais começaram a se reunir em ambientes urbanos.

Publicidade