Siga-nos!

Internacional

Arqueólogos descobrem a Torre de Vigia do tempo do rei Ezequias

Israelitas usavam o local para emitir mensagens através de fogueiras

Avatar

em

Publicidade

Uma torre de vigia de 2700 anos, datada da época do rei Ezequias, foi recentemente descoberta em uma base militar no sul de Israel por uma escavação que incluiu soldados e membros da Autoridade de Antiguidades de Israel.

No tempo dos profetas bíblicos, soldados ficavam no alto das torres de vigia alertando os israelitas sobre a aproximação de inimigos. Há diversas passagens que falam sobre isso, como Jeremias 6:1 e Isaías 62:6.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

Até hoje as Forças de Defesa de Israel (IDF) ainda usam torres de vigia similares. As ruínas da torre descoberta agora medem 5×3,5 metros, com algumas das pedras pesando 8 toneladas. A torre tinha dois andares de altura.

Os soldados ficaram surpresos quando descobriram a estrutura, construída em terreno alto, de frente para as montanhas de Hebron, perto de Ashkelon, no litoral de Israel.

“A localização estratégica da torre, que servia como um mirante e um ponto de alerta contra os inimigos filisteus. Uma dessas cidades eram Ashkelon”, destacam os diretores da escavação da Autoridade de Antiguidades de Israel, Sa’ar Ganor e Valdik Lifshitz.

Soldados da IDF na Torre de Vigia. (Foto: Autoridade de Antiguidades de Israel)

Ezequias foi o décimo segundo rei de Judá e governou no século VIII a.C.

Continua depois da Publicidade

“Esta torre é um dos pontos de observação que conectam as grandes cidades da região. Naqueles tempos, para transmitir mensagens, fogueiras eram acesas durante o dia e à noite. É provável que a torre de vigia agora descoberta seja uma das torres que usavam a fumaça e a o fogo das fogueiras para emitir alertas”, destacam os arqueólogos.

Publicidade