Siga-nos!

israel

Após quase 20 anos, Israel retorna à União Africana

Países africanos buscam relações mais próximas com Jerusalém.

em

Bandeira de Israel
Bandeira de Israel (Foto: Direitos Reservados/Deposiphotos)

Pela primeira vez desde 2002, Israel voltou à União Africana, uma conquista diplomática significativa.  Aleligne Admasu, embaixadora israelense em Adis Abeba, Etiópia, apresentou sua carta como observadora da União Africana.

A União Africana é a maior e mais importante organização no continente africano e seus membros são todos os 55 países do continente africano.

O Ministro das relações exteriores, Yair Lapid, disse que “isso é uma comemoração para a relação Israel-África. Irá nos ajudar a fortalecer nossas atividades em relação ao continente e em relação aos  estados-membros da organização”.

Israel tem relações com 46 países na África, no quadro da qual múltiplas e variadas colaborações são conduzidas nos campos de desenvolvimento, comércio e ajuda.

A Agência de Cooperação para Desenvolvimento Internacional de Israel (MASHAV), comanda programas em diversos países africanos. Mais recentemente, Israel renovou laços diplomáticos com Chade e Guiné. Sudão, que aderiu ao Acordo de Abraão há alguns meses atrás, também anunciou a normalização das relações com Israel.

Uma vez que as relações com a União africana foi estabelecida, as partes serão capazes de cooperar nas áreas de combate ao Coronavírus (COVID-19) e a prevenção da disseminação de terrorismo no continente.

Esse importante desenvolvimento é em maior parte produto da política “Israel está retornando à África” do ex-primeiro ministro, Benjamin Netanyahu, e de sua visita histórica à África Oriental em julho de 2016, durante a qual ele visitou Uganda, Quênia, Ruanda e Etiópia.

Semanas depois, a República da Guiné restabeleceu laços com Israel após 49 anos. No mês de agosto seguinte, segundo a God TV, Senegal e Guiné, nações africanas em maioria muçulmanas na África Ocidental, enviaram seus primeiros embaixadores para Israel.

Netanyahu fez uma prioridade fortalecer as relações de Israel com as nações africanas. Ele declarou em diversas ocasiões que “Israel está voltando para a África, e a África está voltando para Israel. Está acontecendo agora porque é muito claro que isso é bom tanto para a África quanto para Israel”.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending