Siga-nos!

Opinião

Aplicando os princípios de liderança de Jesus em sua vida profissional

Liderando primeiro, gerenciando depois!

Carlito Paes

Publicado

em

Jesus e os discípulos
Jesus e os discípulos. (Foto: Reprodução / The Bible)
Publicidade


Sei que sua vida é muito corrida, a demanda do mercado é tremenda, tanto que no passado era “good, chip and fast” agora é “perfect and now”.

Por outro lado, você tem a concorrência desleal com a economia informal nas ruas do pais, os impostos abusivos do governo, a pirataria crescendo sem controle algum. Sei que não é fácil. Realmente seu trabalho não é nada fácil e com isto, a tirania da urgência o leve a gerenciar mais e a liderar menos, sendo mais reativo que pró-ativo. Todavia você precisa compreender que gerenciamento supre mais as necessidades do momento, mas a liderança é muito mais que isto, previne, prepara e antecipa muitas situações em sua empresa.

Publicidade

Leia mais...

Todo líder sabe que precisa gerenciar situações, conflitos, relacionamentos, todavia nem todo gerente está devidamente esclarecido que o investimento a médio e longo prazo que precisa ser feito em liderar tem retorno garantido. E assim, muitos não colhem os frutos da liderança, apenas vivem dos frutos básicos gerados pelo gerenciamento do presente momento.

Você precisa investir em sua liderança! Seminários, pesquisas, leituras, cursos, viagens, é muito importante todavia nem sempre é possível, porque demanda custo e deslocamentos. Porém, a base está dentro de sua própria empresa, da sua casa, a Bíblia. Nela você vai encontrar os princípios de liderança de Jesus, eles podem mudar sua vida e seus negócios. Aprenda liderança com Jesus e aplique seus princípios hoje mesmo, sua equipe e clientes vão perceber a diferença, e também seus resultados finais em todos os sentidos.

Publicidade

Estes princípios já foram testados, aprovados, estão disponíveis e são gratuitos:

Primeiro: Acredite em si mesmo: Jo. 10:9 “alguns afirmavam que era ele. outros diziam: “não, apenas se parece com ele”. mas ele próprio insistia: “sou eu mesmo”.“sei da onde vim e sei para onde vou” – Jo. 8: 14. Jesus era um líder muito bem resolvido, sabia bem quem ele era, acreditava em si mesmo, era uma pessoa segura.  

Em segundo, Seja fiel a sua missão: Mt. 3:15 “Disse Jesus: convém que assim façamos, para cumprir toda a justiça”. não despreze o poder do foco. se você quiser derrotar seus inimigos, distrai-os. isto é fundamental.

Publicidade

Em terceiro: Não dependa da aprovação dos outros para fazer o precisa ser feito:  Jo. 12: 42:43. “ainda assim, muitos líderes dos judeus creram nele. mas, por causa dos fariseus, não confessavam a sua fé, com medo de serem expulsos da sinagoga; pois preferiam a aprovação dos homens do que a aprovação de Deus.” Jesus foi um líder um líder efetivo que possuía: raízes profundas e ancoras internas, juntos as pessoas que ele liderança e também sob seus críticos e opositores. John Piper disse em seu livro – A vida é como a neblina – : “A vida é muito curta para perdermos tempo e energia com o que os outros pensam ao nosso respeito.” 

Em quarto: Não desperdice energia em coisas ou situações desnecessárias: Mt. 10:14: “se alguém não os receber nem ouvir suas palavras, sacudam a poeira dos pés quando saírem daquela casa ou cidade.”– Mt. 7:6 – “não dêem o que é sagrado aos cães, nem atirem suas pérolas aos porcos; caso contrário, estes as pisarão e, aqueles, voltando-se contra vocês, os despedaçarão.”  O poder do foco, é uma arma poderosa que muitos líderes não conhecem ou desprezam. Jesus falava e ouvia a todos, todavia só realmente investia tempo e atenção onde era necessário.

Em quinto: Faça as coisas difíceis: Jo. 18:11- “O filho do homem veio para salvar o que se havia perdido”. Uma boa definição de profissionalismo é: fazer coisas que não gostamos da melhor maneira e sem procrastinação. Jesus fez muitas coisas difíceis. você já imaginou como deve ter sido difícil para Jesus dizer “não” para as pessoas: Maria, Pedro, João, Judas, Gadareno, etc… não espere que os outros peçam o que precisa ser feito, simplesmente faça.

Em sexto: Assuma as responsabilidades que recebeu de Deus: Deus deu esta palavra: “percorra esta terra de alto a baixo, de um lado a outro, porque eu a darei a você”. – Gn. 13:7 foi dada a Abrão, mas Jesus sabia que também era para ele. Da mesma forma que é para nós. O diabo deu esta palavra: “depois, o diabo o levou a um monte muito alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e o seu esplendor. E lhe disse: “tudo isto te darei, se te prostrares e me adorares”. Mt. 4: 8-9. Você sabe porque ele não aceitou a palavra do diabo? Ele está 100% satisfeito com o que Deus já havia lhe dado. Ele não podia trocar de missão. Jesus já tinha esta responsabilidade, e por isto rejeitou a proposta de satanás. Ele já estava satisfeito e comprometido com Deus.

Em sétimo: Nunca perca tempo julgando os outros: Mt. 12: 36-37. “mas eu lhes digo que, no dia do juízo, os homens haverão de dar conta de toda palavra inútil que tiverem falado. Pois por suas palavras vocês serão absolvidos,e por suas palavras serão condenados”. Jesus não julgava as pessoas, suas palavras é que as julgavam. Liderança é uma questão de decisão e atitude. Lidere mesmo, você, sua família, seus negócios, lidere não somente os que estão abaixo de você, mas também os que estão ao lado e acima. O que Bill Hybles chama de liderança 360º graus. Dê a eles uma visão, aponte caminhos, corrija o curso constantemente, ande ao lado, aponte soluções, incentive, apóie, e por último e mais importante demonstre Jesus!




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


Comente!
Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending