Siga-nos!

brasil

Anvisa suspende teste de vacina chinesa por “evento adverso grave”

Coronavac é desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan (SP).

Michael Caceres

em

Vacina
Vacina ilustrativa (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta segunda-feira (9) temporariamente os testes em humanos da vacina chinesa, a Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan (SP).

Com a interrupção do estudo, nenhum novo voluntário poderá ser submetido a vacinação. A interrupção teria ocorrido por um “evento adverso grave” que teria acontecido em 29 de outubro, mas não informou, no entanto, a causa específica da suspensão do estudo.

São considerados “eventos adversos graves”:

  • morte
  • evento adverso potencialmente fatal
  • incapacidade ou invalidez persistente
  • internação hospitalar do paciente
  • anomalia congênita ou defeito de nascimento
  • qualquer suspeita de transmissão de agente infeccioso por meio de um dispositivo médico
  • evento clinicamente significante.

Os testes da vacina chinesa estavam na terceira e última fase e cogitava-se a obrigatoriedade da sua utilização na população. Voluntários que já foram injetados continuarão sendo acompanhados pela equipe de pesquisadores.

Para o desenvolvimento de uma vacina é necessário seguir uma série de fases, podendo levar tempo para que o medicamento seja liberado para uso na população. O teste em humanos só é permitido depois de ser avaliada sua segurança e eficácia, a chamada fase clínica

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending