Siga-nos!

Mundo Cristão

Antes de tirar a própria vida, pastor pregou em funeral

Jarrid Wilson entrou para uma lista crescente de líderes cristãos que estão tirando a própria vida.

em

Jarrid Wilson. (Foto: Reprodução / Youtube)

Na tarde da última segunda-feira (9) o pastor Jarrid Wilson foi responsável por ministrar no funeral de uma mulher que havia se suicidado.

Pelo Twitter, o então responsável pelo ministério de saúde mental da Harvest Christian Fellowship em Riverside, Califórnia (EUA), comentou o que faria naquele dia: “Oficiar um funeral de uma mulher apaixonada por Jesus que tirou a própria vida hoje. Suas orações são muito apreciadas pela família”, escreveu ele por volta das 15h (horário local).

Na noite daquele mesmo dia, foi Wilson que resolveu acabar com a própria vida. Aos 30 anos, o pastor que enfrentava uma depressão não suportou a doença. Ele deixou esposa e dois filhos pequenos.

Jarrid Wilson tinha um grupo de apoio para pessoas com problemas emocionais e dava suporte para homens e mulheres, de todas as idades, que tinham pensamento suicidas. Na sua rede de amigos estão pessoas como o casal Kay e Rick Warren, pastores da Saddleback Church, que perderam um filho para o suicídio.

Kay comentou o tuíte do pastor e foi respondida por ele. “Rezando, Jarrid. Sua família devastada precisa de tanta ternura e compaixão agora. Grata por sua disposição de ser os braços de Jesus para eles”, escreveu a pastora.

Minutos depois Jarrid lhe respondeu: “Obrigado, Kay”. No dia seguinte, ao saber da morte de Jarrid, a pastora escreveu em seu Twitter que chorou muito.

“Estive chorando a manhã toda. Coração partido. Sinto muito pela perda de seu querido amigo @JonathanMerritt e para todos que amam @JarridWilson”, escreveu ela.

Jarrid Wilson entra para uma lista crescente de líderes cristãos que estão tirando a própria vida. Nos EUA nomes como Andrew Stoecklein e Jim Howard assustaram fiéis por essa decisão.

No Brasil também há casos de grande destaque, como o pastor Djalma Maranhão (Igreja Batista em Planaltina), pastor Júlio César Silva (ex-presidente da Assembleia de Deus Ministério Madureira em Araruama-RJ) e pastor Ricardo Moisés (Igreja Assembleia de Deus Cornélio Procópio – PR).

Publicidade