Siga-nos!

Internacional

Aliança Evangélica exorta os cristãos a se aproximar dos muçulmanos

Programa “Visite minha mesquita” ocorre neste final de semana

em

A população do Reino Unido, como a de vários países da Europa, parece dividida quanto aos temores da islamização. A onda recente de imigrantes e refugiados do Oriente Médio e os atentados em Paris no ano passado são assuntos amplamente debatidos.

Se por um lado, grupos nacionalistas estão tendo embates nas ruas, dizendo não para a tentativa dos muçulmanos de impor seus costumes e leis, por outro as igrejas evangélicas estão pedindo uma “aproximação” com os seguidores de Maomé.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Neste final de semana ocorre o evento “Visit My Mosque” [visite minha mesquita], quando centenas de cristãos evangélicos procuram “criar laços” com os muçulmanos em suas comunidades locais.

Um representante da Aliança Evangélica, organização interdenominacional, afirmou: “Para cumprir verdadeiramente o mandamento de Jesus de ‘amar ao próximo’, os cristãos precisam entender melhor e fazer um esforço para cultivar amizades não apenas com os muçulmanos, mas com pessoas de todas as crenças”.

O ‘exemplo’ se deu com líderes da Aliança se reunindo na Mesquita Central de Birmingham na sexta-feira, dia sagrado para os islâmicos. Seu objetivo é se opor a uma marcha organizada pelo grupo anti-islâmico PEGIDA do Reino Unido.

PEGIDA é uma sigla para Europeus Patriotas Contra a Islamização do Ocidente, movimento que começou na Alemanha e está presente em outros países da Europa. Eles fazem manifestações nas ruas e muitas vezes empunham cruzes e cartazes com palavras de ordem alertando contra o “perigo muçulmano”.

pegida 1

PEGIDA.

Steve Clifford, diretor-geral da Aliança Evangélica, afirma que uma vez que os evangélicos acreditam em um Deus amoroso, “não podemos ficar parados e ver como nossos vizinhos muçulmanos sendo marginalizados. Em vez de ódio, escolhemos amar o nosso próximo como a nós mesmos”, disse ele em um comunicado.

Embora admita que existem “diferenças inerentes” entre o Islã e o Cristianismo, a Aliança exorta os cristãos a pensarem “como Jesus teria se envolvido com os muçulmanos caso eles existissem nos seus dias”.

O “Visite Minha Mesquita” é promovido pelo Conselho Muçulmano da Grã-Bretanha. Este ano, 80 mesquitas estão participando, três vezes mais do que no ano passado. Os moradores do bairro onde elas estão localizadas são convidados para compartilhar chá, bolo e ouvir sobre a fé islâmica. Com informação de Christian Today

Continua depois da publicidade