Siga-nos!

Internacional

Alheio a crise na Argentina, papa Francisco pede ação global na Amazônia

Pontífice organizará uma grande conferência mundial sobre a Amazônia.

em

Papa Francisco. (Foto: Vatican Media/Handout via Reuters)

O papa Francisco comentou neste domingo (25) sobre as queimadas na Amazônia, pedindo uma ação global para combater as queimadas na região.

Segundo o líder católico, a floresta é “vital para o nosso planeta”, afirmando que é um “pulmão florestal”. O discurso foi feito a milhares de pessoas na Praça de São Pedro.

“Estamos todos preocupados com os grandes incêndios que ocorrem na Amazônia. Vamos orar para que, com o empenho de todos, possam ser controlados o mais breve possível. Esse pulmão florestal é vital para o nosso planeta”, disse.

No entanto, a informação de que a floresta pode ser considerada um pulmão para o mundo é falsa, porque ela consome a maior parte do oxigênio que produz, segundo estudos científicos. A maior parte do oxigênio da atmosfera é produzido principalmente pela flora marítima.

O papa argentino, que deverá organizar uma grande conferência mundial sobre a Amazônia neste ano, pediu que os católicos ‘rezem para que, graças ao empenho de todos, esses incêndios se extingam o mais rápido possível”.

Argentina

Apesar do interesse do pontífice na floresta Amazônica, muitos internautas questionam o silêncio em relação a crise vivida na Argentina, que sofre grande influência do socialismo.

O país natal de Francisco está mergulhado em uma profunda recessão, que pode se agravar com a possível vitória da extrema esquerda nas próximas eleições.

Publicidade