Siga-nos!

vida cristã

Agência de adoção “cristã” anuncia serviços para LGBTs

Agência conhecida até então por ser evangélica abandona questões doutrinárias.

Michael Caceres

em

Dois homens com criança adotada
Dois homens com criança adotada (Foto: Direitos Reservados/Deposiphotos)

Líderes cristãos estão criticando a agência de adoção Bethany Christian Services, maior agência protestante dos Estados Unidos, por anunciar que oferecerá seus serviços para pessoas da comunidade LGBT.

Com sua sede em Michigan, o grupo anunciou que começará a colocar crianças aos cuidados de LGBTs em todo o país. Natahn Bult, vice-presidente sênior da organização, disse que a em Jesus está no “cerne” de sua missão, “mas eles não estão reivindicando uma posição doutrinária na qual os cristãos discordam”.

Reconhecemos que as discussões sobre a doutrina são importantes, mas nosso único trabalho é determinar se uma família pode fornecer um ambiente seguro e estável para as crianças. Ao contrário de muitas outras organizações de bem-estar infantil e familiar, Bethany está comprometida com a parceria com igrejas para encontrar o maior número famílias para crianças vulneráveis ​​quanto possível, e procuramos colocar as crianças em famílias que compartilham nossa missão.

Para cumprirmos nossa missão, estamos construindo uma ampla coalizão de cristãos – encontrando famílias e recursos para as crianças mais necessitadas. As pessoas que servimos merecem saber que são dignas de serem seguras, amadas e conectadas. A necessidade é ótimo, por isso estamos adotando uma abordagem de ‘todas as mãos no convés’.

Acreditamos que os cristãos com crenças diversas podem se unir em torno de nossa missão de demonstrar o amor e a compaixão de Jesus. É uma missão ambiciosa e só podemos cumpri-la juntos.

A agência internacional disse que começará a treinar todos os seus funcionários para trabalhar com a questão, mesmo diante de críticas dos líderes cristãos.

O anúncio representa uma completa mudança na organização até então conhecida como evangélica, mas que abandona agora uma questão importante para o Cristianismo, que defende a família formada por um homem e uma mulher.

A organização afirma ter como objetivo demonstrar “amor e compaixão de Jesus Cristo protegendo as crianças, capacitando os jovens e fortalecendo as famílias por meio de serviços sociais de qualidade”.

De acordo com seu site, Bethany facilitou 3.406 colocações de adoção e 1.123 adoções em 2019 e tem escritórios em 32 estados. O grupo diz que obedece a Mateus 25:40: “Estou dizendo a verdade solene: sempre que você fez uma dessas coisas a alguém esquecido ou ignorado, esse era eu – você o fez a mim”.

O líder Batista do Sul, Al Mohler, disse que ao escolher abrir seus serviços para pessoas ligadas a comunidade LGBT, a Betânia decidiu “atender às demandas dos revolucionários morais”.

“Os revolucionários morais estão exigindo que cada indivíduo nesta sociedade, cada instituição, cada escola, cada denominação religiosa, cada adoção e agência de assistência social, devam girar … Neste caso, isso significa capitulação, significa rendição absoluta às demandas da comunidade LGBTQ, e agora estamos apenas falando sobre generalizar a esquerda política nos Estados Unidos”, disse em uma edição do “The Briefing”.

“Estamos vendo agora uma colisão frontal entre organizações como os serviços cristãos de Bethany, que se comprometeram muito com a compreensão cristã do casamento, da família, da sexualidade humana e do gênero … e do governo”, continuou.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending