Siga-nos!

sociedade

Adolescente que abusou de meninas em banheiro feminino é condenado

Jovem aproveitou políticas trans para entrar em banheiros femininos.

em

Banheiro (Foto: Tim Mossholder/Unsplash)

Na quarta-feira (12), o adolescente que cometeu diversas agressões sexuais em duas escolas no condado de Loudoun, Virginia, quando entrou no banheiro feminino usando saia, foi ordenado a se registrar como um agressor sexual para o resto de sua vida e passar por reabilitação até que ele chegue à idade adulta.

A primeira agressão sexual reportada foi a de uma adolescente que relatou que o menino entrou no banheiro usando saia em 28 de maio do ano passado, na Stone Bridge High School. Logo depois, foi descoberto que o mesmo agressor atacou outra menina na Broad Run High School.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Além disso, o adolescente é ordenado a não ter contato com as vítimas nem com suas famílias, ele permanecerá trancado em um centro de tratamento residencial, onde ele será submetido a reabilitação e terapia até o seu 18º aniversário.

“Infelizmente, nossa filha foi agredida fisicamente na primeira semana de aula quando voltou este ano e essa também foi maltratada. Noventa dias depois, finalmente recebemos acusações e esse caso judicial começa na próxima semana. É um crime malicioso”, disse Scott Smith, pai de uma das vítimas.

A primeira agressão de sua filha aconteceu enquanto Loudoun County Public Schools estava considerando a implementação da política que permitiria que estudantes identificados como transgenero usassem os banheiros designados para o sexo oposto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A proposta gerou indignação da comunidade que veio à tona em uma controversa reunião do conselho escolar de 22 de junho, onde o superintendente de escolas Scott Ziegler garantiu aos pais que não havia nenhum registro de agressões ocorridas nos banheiros.

A política foi aprovada em agosto do ano passado, e a segunda agressão sexual, que ocorreu no Broad Run High School, ocorreu após sua implementação. O Xerife do Condado de Loudoun, Michael Chapman, revelou um e-mail onde Ziegler escreveu para membros do conselho escolar sobre o acontecido.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo The Christian Post, críticos alegam que o distrito escolar se envolveu em um encobrimento enviando o agressor para outra escola e não informando ao público o que aconteceu em um esforço para evitar descarrilar apolítica de banheiro transgenero.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending