Siga-nos!

sociedade

Adolescente é condenada a 8 meses de prisão em Cuba

Em depoimento ela afirmou que não participou das manifestações.

em

Gabriela Zequeira
Adolescente condenada pelo regime comunista (Foto: Reprodução/Arquivos Pessoais)

Nesta quinta-feira (22), Gabriela Zequeira, uma adolescente de 17 anos, recebeu uma sentença de 8 meses de prisão por ter participado dos protestos recentes contra o governo de Cuba, segundo os relatos de sua mãe e um centro de apoio legal.

Sua mãe, Yoanis Hernández, que testemunhou o julgamento, disse que sua filha foi julgada por cerca de seis horas junto com outros 11 réus, acusados de “desordem pública”.

Hérnandes não sabe para onde sua filha foi transferida depois do julgamento, que para ela foi realizado sem provas que Zequeira tenha participado das maiores manifestações de Cuba em várias décadas, no dia 11 de julho.

A mãe contou à BBC News World, que só deixaram ficar com a adolescentes por três minutos depois do julgamento, e ela só pôde abraçá-la e beijá-la. Gabriela pediu para a mãe se acalmar que nada iria acontecer e que ela iria recorrer da decisão.

Quase 800 pessoas desaparecidas ou presas

Bruno Rodriguez, o chanceler cubano, negou que existam menores presos ou desaparecidos no país. Já o Observatório Cubano de Direitos Humanos informou na sexta-feira (23) que documentou pelo menos 757 pessoas presas ou desaparecidas por causa dos protestos, 13 delas menores de idade.

Gabriela é estudante de contabilidade, e foi presa em San Miguel del Padrón, em Havana, quando ia ao cabeleireiro, ela viu a manifestação de longe e decidiu retornar, disse ela no depoimento do seu julgamento, segundo Hernández.

A mãe acrescentou que Zequeira foi presa por “vespas negras”, como são conhecidos os integrantes da Brigada Nacional Especial do governo cubano, que foi sancionada pelos EUA por reprimir os manifestantes. “Um segurou o braço dela, o outro pelo pescoço, eles a puxaram pelos cabelos e a colocaram dentro do caminhão”.

Hérnandez exige a libertação de Gabriela, “uma tremenda injustiça” cometida contra ela, afirmou. “Estou arrasada, um pedaço de mim foi tirado de mim. Eu não durmo, não como, pensando nela: o que ela está fazendo? O que eles estão fazendo com ela?”, disse a mãe segundo.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending