Siga-nos!

Estudos Bíblicos

A mordomia do corpo

Subsídio para a Escola Bíblica Dominical da Lição 2 do trimestre sobre “Tempo, Bens e Talentos”.

Tiago Rosas

em

Homem orando num bosque. (Photo by Naassom Azevedo on Unsplash)

Conclusão

Como mordomos do corpo, temos obrigação de zelar por ele, fazer o melhor que pudermos pela sua saúde e oferecê-lo ao Senhor para santificação diária. Que da planta dos pés ao mais alto fio de cabelo na cabeça, estejamos inteiramente comprometidos em abster-nos de vícios e extravagâncias, de imoralidades e práticas pagãs, para vivermos uma vida sóbria e justa diante do Senhor e dos homens!

Referências

[1] Declaração de Fé das Assembleias de Deus, CPAD, p. 77
[2] Elinaldo Renovato. Tempo, bens e talentos: sendo mordomo fiel e prudente com as coisas que Deus nos tem dado, CPAD, p. 21
[3] Renovato. Op. cit., pp. 22,3
[4] Declaração, p. 78
[5] Timothy Munyon em Teologia Sistemática Pentecostal (Stanley Horton, ed.), 3° ed., CPAD, p. 252
[6] Munyon. Op. cit, p. 252
[7] José R. Silva Delgado. Mordomia Cristã, 3° ed., ICI Brasil, p. 81

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9

Casado, bacharel em teologia (Livre), evangelista da igreja Assembleia de Deus em Campina Grande-PB, administrador da página EBD Inteligente no Facebook e autor de quatro livros: A Mensagem da cruz: o amor que nos redimiu da ira (2016), Biblifique-se: formando uma geração da Palavra (2018), Reflexões contundentes sobre Escola Bíblica Dominical (versão e-book, 2019), e Poder, poder pentecostal: reafirmando nossa doutrina e experiência, à luz das Escrituras Sagradas (lançamento previsto para final de 2019).

Publicidade