Siga-nos!

entrevistas

“A esposa precisa cuidar dos detalhes”, ensina pastora

Amanda Tessmann fala sobre o papel da esposa no lar e na sociedade.

Neto Gregório

em

Pastora Amanda Tessmann (Reprodução)

O Gospel Prime conversou com a pastora Amanda Tessmann para entender o papel e o lugar da mulher cristã no lar e na sociedade.

Amanda é casada com o pastor Ramon Tessmann e mãe da Laura. Eles servem como pastores auxiliares na Igreja das Nações, em Criciúma (SC).

Ela desenvolve seu ministério principalmente na ajuda e inspiração de mães e esposas e compartilha muitos conselhos e dicas em seu Instagram (@amandapollitessmann).

Amanda cita a Bíblia e lembra que a mulher foi criada para ser uma auxiliadora, mas salienta que ela “não é mais, nem menos importante que o homem”. “Foi criada para andar ao lado e colaborar”, diz.

Sobre o diferencial da mulher cristã, ela elenca o temor a Deus, a obediência e a sabedoria como seus pontos fortes, mas aconselha a busca pela melhora constante para que o plano de Deus seja experimentado.

Papel

Ela lembra que a primeira instituição criada por Deus foi a família e que o Criador estabeleceu na Criação a ordem e os papéis do homem e da mulher.

“Muitos pensam que a mulher é inferior ao homem e sugerem a ordem da criação – como ela foi criada depois – como motivo para tal pensamento”, pontua. “Esses ainda não entenderam o real valor que há no lindo papel que é ser mulher”, argumenta.

Para Amanda, o capítulo 31 de Provérbios ensina como é extraordinário ser mulher e desenvolver seu papel da melhor forma possível.

“Servir a sua família, administrar seu lar com excelência, ensinar seus filhos por princípios, honrar seu marido, ter uma vida com Deus, ser criativa e organizada e evidenciar na sua vida a presença de Deus”, explica.

Ramon, Amanda e Laura (Arquivo Pessoal)

Lar

A pastora pontua que a mulher é “especialista” em cuidar da “atmosfera do lar”. “Mesmo em dias difíceis, ela deve usar a criatividade para que a paz continue reinando”, afirma.

Ela ensina que o lar deve ser um “lugar de amor e relacionamento” e que, “como as mulheres são muito habilidosas”, devem usar todos os recursos disponíveis para manter o ambiente tranquilo.

“Podemos decorar a mesa da refeição com flores do jardim, escrever recadinhos no espelho do banheiro usando batom, levar café na cama em datas não comemorativas”, exemplifica.

Ela alerta que a mulher deve buscar a organização, porque “um lar bagunçado revela muito sobre a situação do lar”. “Quando há ordem, há paz. As coisas fluem”, completa.

Amanda e Laura (Arquivo pessoal)

Sociedade

Amanda alerta para os riscos da comparação e fala sobre o poder de influência que uma mulher possui quando se sente segura. “Ela se destaca pela forma como conduz e tem sucesso em todas as áreas”, destaca.

Salienta, contudo, que a mulher deve ser “livre para fazer o que quiser”. Lembra que a “mulher virtuosa” também auxiliava no sustento da casa fazendo negócios, mas aconselha que “o casal deve entrar em acordo quanto a isto”.

“É comum achar que a mulher da Bíblia deve ser somente do lar”, diz, mas discorda. “Ela é tão incrível que consegue conciliar o trabalho com a administração da casa”, enfatiza.

Sobre o feminismo, ela não nega que exista “situações machistas que diminuem o nosso valor”, mas cita extremos perigosos e uma competição errônea com o homem nessa ideologia.

“Eu prefiro me posicionar de uma forma que eu ganhe espaço mostrando a minha vida, do que carregando uma bandeira. Espero um dia poder conversar de perto com esse público, entender o que há em seus corações e amá-las”, afirma.

Amanda e Ramon (Arquivo pessoal)

Conselhos

“É tão bom ter a quem recorrer quando os nossos sentimentos estão bagunçados”, diz. Ela orienta que é preciso buscar alguém que conheça seu coração e saiba exatamente o papel que tem sobre a sua vida.

“Continue plantando boas sementes através do cuidado”, aconselha. “Afinal de contas, uma semeadura requer muito trabalho, mas a colheita em abundância será inevitável”, finaliza.

Trending