Siga-nos!

Sociedade

“A direita defende a individualidade e a liberdade”, diz autor evangélico

Philip Yancey avaliou similaridades entre esquerda e direita.

em

Philip Yancey. (Foto: Reprodução / Youtube)

O autor norte-americano Philip Yancey, best-seller evangélico com mais de 14 milhões de exemplares vendidos, avaliou o cenário político, com críticas contra a direita e esquerda.

Em entrevista ao UOL, Yancey avaliou que os partidos políticos veem as pessoas como nichos que podem apoiar seus interesses particulares. “Muitos jornalistas, mesmo os repórteres de religião, ficam confusos com as nuances da religião e só podem vê-las de fora” avalia.

Como jornalista, Philip Yancey acredita que existe uma divisão ideológica até  mesmo na imprensa. Ele avalia que dois canais diferentes podem trazer visões próprias sobre os mesmos assuntos.

“Nos EUA, temos duas principais emissoras de notícias, CNN e Fox. Frequentemente, mudo de um canal para o outro, apenas para ter outro ponto de vista. É como assistir a notícias de dois universos diferentes”, avalia.

Sobre a polarização política entre direita e esquerda, ele avalia que apesar de haver um caminho amplo entre as duas abordagens, elas não diferenciam muito uma da outra em ideias.

“A esquerda e a direita não diferem tanto em ideais, mas sim em como alcançá-las. A esquerda se inclina mais para uma abordagem de cima para baixo, impondo a autoridade do Estado. A direita defende a individualidade e a liberdade e resiste ao poder do governo”, disse.

Yancey alertou para abordagens extremistas e ascensão do totalitarismo, que “inevitavelmente leva a violência e terror”.

“É claro que há um caminho amplo entre essas duas abordagens, mas eu diria que a lição permanente do século 20 é que a abordagem extrema e ascendente do poder totalitário (seja da esquerda, como o comunismo, ou da direita, como o fascismo), inevitavelmente leva à violência e ao terror”, declarou.

 

Publicidade