Siga-nos!

testemunhos

“A Bíblia tinha todas as respostas que eu procurava há anos”, diz Pato

Jogador falou sobre desafios da carreira e mudança de vida.

em

Alexandre Pato em jogo do Orlando City (Foto: Reprodução/Instagram)

Em um artigo publicado nesta terça-feira (31) no site esportivo The Players’ Tribune, o atacante Alexandre Pato revelou como a Bíblia influenciou sua carreira.

No artigo intitulado “O que realmente aconteceu com Pato”, o jogador falou sobre as frustrações que enfrentou em sua carreira, até ser alcançado por Jesus Cristo.

“O primeiro ponto que você precisa entender é que eu saí de casa cedo. Provavelmente muito cedo. Quando você tem 10 anos, você não está pronto para o mundo. Você sai em busca do seu sonho, mas você está sozinho e é muito fácil para se perder no caminho”, escreveu.

Alexandre Pato nasceu no interior do Paraná, mas foi revelado pelo time Internacional, de Porto Alegre, onde jogou seis anos nas categorias de base.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com o jogador, o primeiro milagre em sua vida foi nesta época.

“Eu tropecei em uma corrente de estacionamento e caí em cima do meu braço esquerdo. Eles engessaram metade do meu corpo, e eu estava parecendo uma múmia”, relatou. “O médico fez um Raio-X e encontrou um tumor grande no meu braço. ‘Ou ele faz uma cirurgia agora, ou teremos de amputar’”.

Na ocasião, Pato teve que lidar com a possibilidade de perder seu braço esquerdo em 24 horas. A família não tinha condições de pagar a cirurgia, então seu pai tentou convencer o médico de ajudá-lo.

“Ele filmava todos os meus jogos, então ele pegou as fitas e as levou para o hospital, fez uma oração, entrou no consultório médico e colocou aquelas imagens chuviscadas de uma criança correndo na quadra de futsal. O meu pai disse: ‘Doutor, esse é o meu filho. Eu não sei como pagar por isso, mas eu só não quero vê-lo parar de jogar’”, conta.

O jogador admite que não sabe explicar o que aconteceu depois, mas o médico decidiu fazer a cirurgia de graça.

“Para o que aconteceu depois eu não tenho explicação. Talvez o médico viu talento em mim. Ou ele escutou a voz de Deus. ‘Não se preocupe, eu faço de graça para o seu filho’”, continua o jogador.

Alexandre Pato concluiu que o aconteceu “foi um milagre”.

Alexandre Pato quando criança (Foto: Arquivos Pessoais/The Pleyers’ Tribune)

Pouco antes de completar 18 anos, em 2007, Pato foi contratado pelo Milan, onde viveu uma fase de sucesso em sua carreira. Porém, passou a ter de enfrentar várias lesões, prejudicando sua carreira.

“Eu chorei, chorei, chorei. Tive medo de nunca mais jogar futebol”, confessa.

No ano de 2013, Pato acertou com o Corinthians, quando foi recebido com um alto salário, mas teve uma passagem frustrante pelo clube paulista.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Ele relata que seu desejo era participar da Copa do Mundo de 2014, assim como desejava trabalhar com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, que cuidou de Ronaldo Nazário.

Exames constataram que alguns de seus músculos haviam encurtado por causa das lesões. “A parte posterior da minha perna estava mais fraca do que a região da frente, então existia uma descompensação”, contou.

“Graças a Deus, o Bruno me colocou em forma de novo. Desde 2013, acho que tive apenas três lesões musculares”, lembra.

Emprestado ao São Paulo, o jogador teve passagem pelo Chelsea, Villarreal e Tianjin Tianhai.

Mudança

Depois de mudar para a China, Alexandre Pato diz que viveu com um amigo, pois estava solteiro. Ele relata o período como de amadurecimento, mas que ainda buscava se distrair com diversão.

“Depois da minha passagem na China, eu ainda estava solteiro, então eu decidi aproveitar a minha liberdade. Fui para Los Angeles. Queria o melhor hotel, o melhor carro, as melhores festas”, revela.

“Estava em um lugar e, de repente, uma menina começou a cheirar cocaína do meu lado. ‘Caraca, o que eu tô fazendo aqui?’ Peguei as minhas coisas e saí. Não quero isso para a minha vida, esse mundo vazio. Falei com o meu amigo. ‘Será que vou passar o resto da minha vida sozinho?’”, acrescentou.

Foi quando decidiu voltar ao Brasil e mandou uma mensagem para Rebeca Abravanel, que na época era sua amiga.

“Eu me encontrei com ela e depois de poucos segundos… Cara, é isso o que eu quero. Chamei ela pra sair de novo. Coloquei uma roupa bacana, fiquei todo no estilo. Ela disse: ‘Vamos à igreja'”, ele conta. “Igreja?”, pensou consigo.

Foi quando ele relata ter vivido algo inesperado. “Cara, que surpresa. A Bíblia tinha todas as respostas que eu estava procurando há anos. Olhei para o céu e falei: ‘Senhor, não quero mais aquela vida’. Naquele dia tudo mudou para sempre”, contou.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Batismo de Alexandre Pato e Rebeca Abravanel (Foto: Reprodução/Instagram)

Jogando agora no Orlando City, o atacante de 32 anos diz que passou por uma mudança completa em sua vida. Ele admite que apesar de não ter se tornado o melhor do mundo no futebol, mas mudanças em sua vida são como “bolas de ouro”.

“Vejo os meus pais com muito mais frequência — estamos recuperando o tempo perdido. Tenho um relacionamento maravilhoso com os meus irmãos. Estou em paz comigo mesmo. Sou um filho de Deus. Amo a Rê, a minha esposa”, conclui.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending