Siga-nos!

Mundo Cristão

“A Bíblia não é um manual sobre como odiar os gays”, afirma Kirk Franklin

Cantor gospel respondeu a ataques em programa de rádio

Avatar

em

Kirk Franklin. (Foto: Reuters/Lucy Nicholson)
Publicidade

Durante o programa de rádio “The Breakfast Club”, o cantor gospel Kirk Franklin foi confrontado pelo apresentador Charlamagne tha God que afirmou que a Bíblia é um livro homofóbico e que não há amor no Livro Sagrado.

Franklin, um dos principais nomes da música gospel nos Estados Unidos, precisou se posicionar em defesa de sua fé.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e precisamos entender que o cânon da Bíblia vem de um Deus amoroso. Deus não é construído para odiar pessoas gays. A Bíblia não é um manual sobre como odiar os gays”, declarou ele, segundo informações do The Christian Post.

Franklin também declarou que não é possível isolar trechos do Livro Sagrado para justificar posicionamentos como o do apresentador da rádio.

“Deus é um Deus da verdade, acredito que o amor de Deus é a verdade. Não há verdade sem amor e o amor não pode existir sem a verdade”, completou.

Enquanto Charlamagne tha God declarava que a Bíblia é um “material homofóbico”, Kirk Franklin mantinha sua posição e rebatia: “Não há coisas homofóbicas na Bíblia. O que acontece é que há homens e mulher que não foram treinados para entender as Escrituras e compreender a totalidade do texto. Porque se você vai chamar uma coisa de pecado na Bíblia, você não pode apagar esse texto e veja que orgulho e inveja também são pecados”.

Publicidade