Siga-nos!

Sociedade

Maioria dos ateus e agnósticos brasileiros foi criada em famílias cristãs

Pesquisa mostra também que a maioria deles acredita em eventos sobrenaturais.

em

Estátua de mãos em oração. (Imagem de Couleur por Pixabay)

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Kent, na Inglaterra, com dados coletados no Brasil, mostra que 8% dos brasileiros se definem como “sem religião”, mas que a maioria deles acredita sim em eventos sobrenaturais e que alguns até se consideram cristãos.

Segundo o estudo, 73% dos ateus e agnósticos brasileiros disseram não se considerar de nenhuma religião. Quando questionados “Você se considera pertencente a alguma religião em particular? Se sim, qual?” 18% afirmaram ser cristãos, 1% budistas e 1% não souberam responder.

As informações foram publicadas no documento intitulado “Understanding Unbilief”, com informações sobre outros países como China, Dinamarca, Estados Unidos, Japão e Reino Unido.

Ainda na parte sobre o Brasil, a pesquisa mostra que a maioria dos ateus e agnósticos brasileiros cresceram em família cristã, sendo 79% do total. Outros 15% disseram que tiveram uma criação não-religiosa.

Crença de ateus e agnósticos em fenômenos sobrenaturais é semelhante à população brasileira em geral.

Pelo menos um quarto dos brasileiros sem religião acredita em reencarnação e quase um terço acredita na vida após a morte.

Ateus acreditam mais em astrologia do que agnósticos, fenômeno que se repete em situações com seres sobrenaturais, objetos com poderes sobrenaturais, forças subjacentes do bem e do mal e karma.

Publicidade