Siga-nos!

Sociedade

41% da população condena o aborto, independente da situação

Quase metade dos brasileiros discordam das ressalvas da lei

Avatar

em

Aborto
Aborto. (Foto: Claudio Reyes/Getty Images)
Publicidade

Segundo pesquisa Datafolha, para 4 em cada 10 brasileiros, o aborto deve ser proibido em qualquer situação, mesmo nos casos que hoje são permitidos por lei. Atualmente, é permitido abortar legalmente em três situações no Brasil: quando a gravidez é decorrente de estupro, quando há risco à vida da mulher ou quando o feto é anencéfalo.

Mesmo assim, de acordo com o levantamento, 41% das pessoas acreditam que o aborto deve ser totalmente proibido, não importa o que aconteça. Além disso, a pesquisa também aponta que 46% defende que as mulheres estupradas que engravidarem devem receber ajuda financeira para ter o filho.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

De acordo com a Folha de S. Paulo, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, chegou a defender o estatuto do nascituro, um projeto que tramita no Congresso e prevê o pagamento de uma pensão para essas mulheres decididas a não abortar.

A proposta prevê que a pensão alimentícia e outros custos do sustento da criança sejam pagos pelo estuprador. Caso ele não seja identificado, o custeio deve ser feito pelo poder público, o que levou a proposta a ser apelidada no Congresso de “bolsa-estupro”.

Leis não ficarão mais flexíveis

Para outros 34%, as regras devem continuar como são hoje, e 16% dos entrevistados disseram que o abortamento deve ser permitido em mais situações do que as previstas atualmente. Apenas 6% dizem que deve ser permitido em qualquer situação.

O Datafolha ouviu 2.077 pessoas com 16 anos ou mais em 130 cidades, nos dias 18 e 19 de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança da pesquisa é de 95%.

Continua depois da Publicidade

Não há perspectiva de mudança na legislação para “flexibilização do aborto” no país, sobretudo no governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), cuja equipe tem se posicionado contra o tema.


Clique aqui e entre no grupo Gospel Prime!

Publicidade

Cris Beloni é jornalista, teóloga e pesquisadora apaixonada pela Bíblia. Desenvolveu um trabalho de Jornalismo Investigativo Bíblico e é autora do livro Derrubando Mitos.

Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending